Presidente Prudente (SP),

Apresentação da lição em power point

sábado, 8 de maio de 2010

Viagens missionárias de Paulo - terceira e quarta


Foi direto para Éfeso. Seu propósito era visitar as igrejas para confirmar e fortalecer os discípulos. Fez o mesmo caminho da segunda viagem: Galácia do Sul, região frígio-gálata, indo chegar em Éfeso, onde havia estado no fim de sua segunda viagem, ainda que tenha permanecido não mais que três dias na cidade. Na terceira viagem encontrou um grupo de 12 novos convertidos, que conheciam apenas o batismo de João. Por essa cidade havia passado Apolo que foi instruído por Áquila. Nessa viagem ficou três anos na cidade. Essa viagem durou cerca de quatro anos (entre 53 e 57 dc).

Éfeso era a capital da Ásia Menor, a cidade mais importante da região. Era cruzamento de rotas comerciais. Nela estava o templo da deusa Diana, chamada pelos romanos de Ártemis, uma das sete maravilhas do mundo antigo. Atualmente a cidade está em ruínas, localizada na região de Anatólia, Turquia (os Dardanelos eos Bósforos, no mar de Marmara, dividem a Turquia em duas regiões: Trácia, Turquia européia; e Anatólia, Turquia asiática).

Ele foi como prisioneiro para Roma. Ele partiu de Cesaréia Marítima como prisioneiro, pois havia apelado para César. Foi uma viagem muito conturbada, por causa do mau tempo, mas evangelizou os demais presos e a tripulação do navio. Naufragaram em Malta, mas ninguém pereceu, nessa ilha o apóstolo fundou uma igreja. Depois embarcou para Roma. Chega a capital do império em 62 dc. Essa viagem está registrada em Atos 27 e 28.

Enquanto aguardava a audiência com Nero, atendia os irmãos em casa alugada. A historia de Paulo não termina aqui, é que Lucas encerrou bruscamente sua narrativa. O que se sabe, além disso, são alguns detalhes em suas cartas ou então nos escritos dos Pais da Igreja. Seu caso foi ouvido e ele foi absolvido. Nessa ocasião se diz que ele cumpriu seu desejo de pregar na Espanha (Rm 15.28). Esteve nas redondezas de Roma e fez um grande trabalho.

trecho extraído do livro: Manual básico de missões e evangelismo. Esequias Soares. página 39 e 40.

Nenhum comentário:

Postar um comentário