Apresentação da lição em power point

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Extra! Deserto notícias - o seu jornal on line


EXTRA! EXTRA! LEVITAS MATAM IDÓLATRAS

Os levitas de Israel, invadiram as tendas e mataram à espada 3000 israelitas, de várias tribos, sob a acusação de idolatria e apostasia. Segundo testemunhas oculares (Moisés e Arão), a provocação partiu das próprias vítimas.

Moisés e Arão disseram a esta reportagem que os levitas agiram em legitima defesa (legitima defesa da fé).

Diante do acontecido de nada adiantou o clamor ao bezerro, que as vitimas levantaram em favor de suas vidas, enquanto eram mortos.

O I.M.L. local contabilizou 3000 mortos. Depoimentos colhidos no local indicam que o autor da ordem para que houvesse a faxina [sic] doutrinária partiu do próprio líder do movimento, Moisés e que todo aquele caso teve inicio com a permissividade de Arão, mas nenhum dos dois foram indiciados pela autoridades e pela AUTORIDADE MAIOR.

Os que não foram mortos, da congregação, glorificavam a Deus e diziam: “Não mexam com estes dois homens. Não mexam com Moisés e Arão”.

Entenda o caso:
O líder da congregação, Moisés, estava há vários dias desaparecido [sic] e o povo, por faltas de notícias e com o aval do sacerdote, optaram pela fabricação de uma imagem de um bezerro de ouro para adoção como se fosse uma divindade.

O líder do movimento, indignado, ouviu de longe o alarido do povo e percebeu que algo estava errado, apesar que seus auxiliares pensaram que fosse uma festa para recepcioná-los, mas ele discerniu que aquela alegria era de derrotados e não de vitoriosos.

Ele quebrou as tábuas da lei, aos pés do monte e segundo fontes, estas pedras foram lavradas e escritas por Deus. Até ao final desta edição não tínhamos confirmação de que ele havia lavrado outras para que recebesse novamente a Lei.

Alguns afirmam que Deus cobrará dele outras tábuas, um dos auxiliares do líder, que desciam com ele do monte, sem se identificar, arriscou a dizer: "Provavelmente Deus ordenará a Moisés para que lavre duas tábuas de pedra, como as primeiras que ele havia lavrado e escrito antes. Certamente lembrá-lo-a que ele quebrou as anteriores, portanto será obrigação dele preparar as novas” (Ex 34.1).

mais informações: Caderno 2 (Êxodo) página 32
Por: Ailton da Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário