Apresentação da lição em power point

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Maria, irmã de Lázaro! Ninguém apaga a sua história!

Segue um trecho da mensagem pregada pelo Pastor Sisaque Valadares, no sábado, durante a 34ª UMADEPRESP 2012.

"Maria foi citada em três ocasiões na Bíblia e sempre estava aos pés de Jesus (Lc 10.39; Jo 11.32; 12;3)"

"Mateus e Marcos afirmaram que o jantar foi na casa de Simão, o ex-leproso (Mt 26.6-13; Mc 14.3-9), enquanto que João relatou que foi na casa de Lázaro (Jo 12.1-11), o ex-defunto, mas o certo é que na casa de um ou de outro, ou se os dois estavam presentes (segundo o Pastor Sisaque, alguns afirmam que eram parentes próximos), certamente de um lado esteve um ex-leproso e do outro um ex-defunto. Que cenário ideal para adoração?

Maria tinha todos os motivos do mundo para adorar aos pés de Jesus. Ela o ungiu com nardo puro antes do Calvário. Outras mulheres deixaram para ungir no túmulo e perderam a viagem (Mc 16.12; Lc 24.1), mas ela aproveitou aquele encontro para ser grata.

Resumo da história: "Ninguém apaga a história de um verdadeiro adorador". Eu disse história e não voz (a observação é minha). Ficou registrado todo o ocorrido e foi ordenado, por Jesus, que em todos os lugares onde o Evangelho fosse pregado deveria-se fazer referência ao ato de adoração de Maria, para memória sua (Mt 26.13) e não Dele. Para memória de Jesus, chama-se Ceia (I Co 11.24-25) e não outro ato muito praticado em finais de ano.

Por: Ailton da Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário