Apresentação da lição em power point

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

lição 2 - pós aula

Muitos estão no lamaçal ou voltaram, mas mesmo assim não podemos criticar, pois a qualquer momento eles serão resgatados e por um "bom preço" (I Co 6.20).

Oséias 3.3 – promessa de proteção contra idolatria e de eternidade.

Uma resposta que possivelmente daríamos a Deus: “me peça qualquer coisa, menos isto. Como ficará minha reputação”?

Manda outro Deus, manda outro. Manda Amós, Miquéias, manda algum dos profetas maiores ou dos orais, porque eu?

“quem sou eu, disse Moisés” (Ex 3.11), traduzindo: manda outro, manda outro. E olha que era para ser um líder, chefe do povo, legislador, profeta, para ter o nome lembrado por todas as gerações e o homem não queria, imagina então se fosse para uma missão como a de Oséias.

Imagine se Deus tivesse falado assim para Moisés: “Ei, Moisés, volte ao Egito e se case com uma egípcia. De preferência com uma parente daquele homem que você matou”. A resposta dele seria curta e direta: “Vou nada, to fora, manda outro, eles estão doido para se vingar de mim”.

Se Deus tivesse dado a Oséias ouro e prata para simbolizar a prosperidade do reino do Norte, ele diria sim sem pensar duas vezes? Teríamos até fila de profetas para concorrerem ao cargo, usa-me, usa-me, usa-me! Mas para casar com uma prostituta certamente ouviríamos: misericórdia, misericórdia, sangue do Cordeiro.

Hoje, como temos muitos crentes “bocudos”, certamente a resposta seria a segunda opção: misericórdia, misericórdia, sangue do Cordeiro.

Capítulo 1 de Oséias: advertências, juízo e promessa de restauração, tudo em apenas 11 versículos em uma simples história, simples história? (grifo meu).

Mulher de Oséias, quase uma mulher pródiga, tinha tudo e não deu valor, preferiu o de fora (Os 2.5), mas quando ouviu o chamado do esposo (a compra) ela voltou. Será que o pai reuniu os filhos e gritou bem alto:  Alegremo-nos, pois sua mãe “estava morta e reviveu, esta perdida e achou-se”.

Que vai e vem entre Oséias e sua mulher. Ainda bem que foi assim, pior se fosse de outra forma: “Ei, profeta, case com uma mulher e caso ela te largue, não vá atrás e tampouco a procure novamente”, misericórdia!

Judá e Israel ficaram cercados pelos inimigos, Babilônia e Assíria, respectivamente, que esperaram somente o momento certo para atacar. A deixa para o ataque viria do próprio povo, alias a brecha sempre vem de nós para permitirmos o ataque do inimigo (I Pe 5.8).

Seria possível encontrarmos a figura do profeta Oséias na igreja? Já no caso da mulher é bem mais fácil.

Os 3 primeiros capítulos do livro de Oséias é o oposto do livro de Cantares (Oséias, prostituta, abandono. Cantares, mulher amada).

Oséias, um verdadeiro pastor em busca de uma ovelha perdida.

Não tinha como Oséias não obedecer, não tinha como “bater boca com Deus”

Era melhor ser conhecido como o marido da prostituta, do que ficar famoso como o profeta que disse NÃO, assim como Jonas, o profeta fujão.

Vai Oséias! Sim Senhor. Vai Jonas, NÃO!

Mesmo retornando para o seu antigo ambiente, a mulher de Oséias ainda estava no coração de Deus.

Deus sabia muito bem com quem estava mexendo quando tirou Israel do Egito, da mesma forma que Ele sabe quando nos tira do mundo e nos traz para a sua maravilhosa luz.

Esta tribo de Efraim parece um ministério que conheço. Eles são os melhores, estão no centro, somente eles serão salvos, são filhos do filho que o pai mais amava, somente eles receberam a porção dobrada, as melhores cidades estão em seus territórios, não se misturam, são os únicos corretos e blá, blá, blá. Eles são sobrinhos dos 11 filhos de Jacó e primos dos filhos dos 11. Meu Deus!

Por: Ailton da Silva - (18) 8132-1510 - Ano III

Nenhum comentário:

Postar um comentário