Presidente Prudente (SP),

Apresentação da lição em power point

sábado, 29 de dezembro de 2012

Última chamada! Última chance! Último profeta! “Quiz” de Malaquias


Quantos profetas passaram por Judá e Israel, divididos, incrédulos e quantos foram desprezados e de igual forma desacreditados? No retorno do exílio, Deus trabalhou na vida dos judeus, através de três grandes profetas menores, Ageu, Zacarias e Malaquias e outros tantos homens como Zorobabel, Esdras, Neemias entre outros. Todos tiveram por objetivo a completa restauração da nação, de Jerusalém e do Templo.

Engraçado é que na Babilônia, durante o cativeiro, eles choravam, junto aos rios babilônicos e embaixo dos salgueiros (Sl 137.1-4), mas já em Jerusalém e diante dos recursos e facilidades (Ed 1.1-11) oferecidos pelo rei Ciro, se espreguiçavam embaixo das frondosas árvores que estavam ou na frente de suas suntuosas e modernas casas ou nos seus ampliados quintais (cf Is 54.2).

Após a reconstrução do Templo, muro e portas seria normal pensarmos que o pior já havia passado. Agora não havia mais brechas para uma possível intromissão de cultura estrangeira (cf Sf 1.8b) para afetar a religiosidade e nacionalidade deles, haja vista a barreira reconstruída, seria capaz de barrar a entrada de qualquer um ou de qualquer ideologia idólatra (cf Ne 7.3).

Que decepção de Malaquias ao contemplar o povo desanimado e despreocupado com as coisas de Deus, mas nada que se compare a conivência dos levitas e sacerdotes (1.8), que aceitavam qualquer tipo de animal para sacrifícios e concordavam com os divórcios, principalmente em se tratando de ilustres ou autoridades. E o que dizer do consentimento às uniões mistas com as filhas dos moabitas e amonitas? Frutos de incesto (Gn 19.36-38), que de tão belas, fascinavam até mesmo o “mais sem visão” judeu a ponto de fazê-lo abandonar seu lar para constituir nova família. E tudo isto sob a chancela da classe sacerdotal.

O ministério de Malaquias foi marcado pelo seu estilo interrogativo. Perguntas, nas quais o profeta denunciou o descaso do povo, a conivência dos sacerdotes e levitas e reafirmou a origem e paternidade da nação. Se Israel fosse capaz de respondê-la certamente atentaria para a sua deplorável condição espiritual.

a) Quiz de Malaquias, responda se puder:
1) Em que nos amastes, Senhor?
Resp: ________________________________________________

2) Esaú foi irmão de Jacó?
Resp: ________________________________________________

3) Se eu sou o Pai, onde está a minha honra?
Resp: ________________________________________________

4) Se eu sou o Senhor, onde está o meu temor?
Resp: ________________________________________________

5) Em que desprezamos, nós o teu nome, Senhor?
Resp: ________________________________________________

6) Em que te havemos profanado?
Resp: ________________________________________________

7) Apresente animal cego para o teu príncipe, ele se agradará em ti?
Resp: ________________________________________________

8) Aceitará ele a tua pessoa?
Resp: ________________________________________________

9) Ele te aceitará sabendo que isto veio de sua mão tal oferta?
Resp: ________________________________________________

10) Quantos de vós que, debalde, acendem fogo diante do altar?
Resp: ________________________________________________

11) Ofereça o roubado, o coxo e enfermo ao Senhor, Ele aceitará?
Resp: ________________________________________________

12) Não temos nós todos um mesmo Pai?
Resp: ________________________________________________

13) Não nos criou um mesmo Deus?
Resp: ________________________________________________

14) Porque serem desleais uns com os outros, profanando o concerto de vossos pais?
Resp: ________________________________________________

15) Cobris o altar com lágrimas e choro de gemidos e pergunta porque Deus não aceita seus sacrifícios?
Resp: ________________________________________________

16) Ele não fez somente uma mulher para um homem?
Resp: ________________________________________________

17) E porque fez somente uma?
Resp: ________________________________________________

18) Em que te enfadamos?
Resp: ________________________________________________

19) Onde está o Deus do juízo?
Resp: ________________________________________________

20) Quem suportará o dia da sua vinda?
Resp: ________________________________________________

21) Quem subsistirá quando Ele aparecer?
Resp: ________________________________________________

22) Em que havemos de tornar?
Resp: ________________________________________________

23) Roubará o homem a Deus?
Resp: ________________________________________________

24) Em que te roubamos?
Resp: ________________________________________________

25) Que temos falado contra ti, ó Deus?
Resp: ________________________________________________

26) Que adiantou andar de luto diante de Deus?
Resp: ________________________________________________

Para desfrutar das promessas contidas no capítulo 4, seria necessário que os judeus atentassem para o concerto, pós reflexão, proposta por estas perguntas.


Por: Ailton da Silva - (18) 8132-1510 - Ano III

Nenhum comentário:

Postar um comentário