Presidente Prudente (SP),

Apresentação da lição em power point

domingo, 3 de fevereiro de 2013

Lição 5 - pós aula

24 HORAS;
Se ela fosse realmente “macha” teria matado Elias na hora, não teria dado o prazo para que ele “fugisse.

Seria tempo suficiente para que Elias reunisse os 7000 fieis  em Israel, antes mesmo de Deus revelar a ele que existiam, reuniria também os 100 profetas de Obadias e o próprio, para levantarem um grande clamor, uma noite de vigília, em prol da vida do profeta. O tema da vigília seria; “Deus ainda muda decreto humano (decreto feminino).

Porque não ameaçou Elias enquanto ainda estava no monte Carmelo? Seria sapecada, kkkkkkkkkkk.

Ah, se Elias tivesse orado desta forma no Carmelo: “Se eu sou teu servo, MATE, Jezabel”

PÉS DE BARRO:
Tem momentos em que os pés de barros não suportam o peso do corpo, nós desabamos.

SUJEITOS ÀS MESMAS PAIXÕES
Elias pensou: “hoje mesmo vejo o fim dela, saio correndo, ultrapasso Acabe e aguardo, de camarote, a ruína dela. É hoje”. É isto que a Bíblia chama de mesmas paixões. Elias era humano e se portou como tal, tal como qualquer um de nós.

OS CORVOS E OS DE ISRAEL
Porque Deus ordenou aos corvos que sustentassem Elias? Porque não mandou um dos 7000 fieis, ou alguns dos 100 profetas ou o próprio Obadias, ou quem sabe um hebreu adorador de Baal? Se fosse hoje, os da igreja iriam? Ou o socorro viria de fora?

JEZABEL NÃO ERRA. JEZABÉIS NÃO ERRAM:
Plano de Jezabel para derrubar o homem de Deus, vejamos:
·       Ele ficará irado contra mim;
·       Largará sua armadura e proteção;
·       Virá correndo ao meu encontro para ver o meu fim;
·       Então eu decretarei o fim dele.

DAVI x GOLIAS – ELIAS x JEZABEL
O primeiro gigante foi derrubado por Davi. O pequeno venceu o grande. O segundo gigante (Elias) foi derrubado pela pequena, pela mesquinha. O tiro foi certeiro. Pode até ter derrubado ele, mas a cabeça, ela não teve o prazer de pegar como prêmio.

O DILEMA DA MORTE DE ELIAS
Fugiu para não morrer pelas mãos de Jezabel. Depois pediu a morte para Deus, que jamais o mataria. Ele também não teria coragem de tirar a própria vida, então eis a pergunta: COMO ESTE HOMEM MORREU? A PERGUNTA NÃO É COMO MORREU E SIM COMO MORRERÁ, JÁ QUE A ÚNICA ALTERNATIVA PARA ELE FOI O ARREBATAMENTO (2 Rs 2.11; cf Ap 11.3-6).

Por: Ailton da Silva - Ano III

Nenhum comentário:

Postar um comentário