Apresentação da lição em power point

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Lição 8 - pós aula

A CHAMADA
Elias encontrou um moço e forjou um homem.

O que ele poderia esperar? O moço tinha uma chamada.

A situação complicada de nossa vida certamente servirá para alguém, um dia. Elias que nos diga.

Deitar água nas mãos do outro! Quem é que faz isto hoje?

Eliseu largou o material e se preocupou somente com o espiritual.

Elias contou toda a sua trajetória de vida, seu desafio no Carmelo e suas intervenções no reino de Israel, mas será que Eliseu acreditava nestas histórias de principio, ou resolveu dar credito naquele velho e pobre homem.

Elias dizia: “Quando eu tinha a sua idade, eu ia, fazia, falava, Deus me usou, não tinha medo, eu era, e blá, blá, blá”.

FORMAÇÃO DE OBREIROS
Quem aproveitou o legado de Elias foi um esperto.

Eliseu não queria se transformar no maior profeta do Antigo Testamento, pensava somente na continuidade do ministério profético (escola de profetas). Os moços ficariam sem líder.

O moço estava preparado? Elias, a hora que a água chegar no ombro de Eliseu ele saberá o que fazer!

Um dia, Eliseu se viu só, sem Elias, não tinha alguém mais para se apoiar ou esperar. Agora era ele e Deus. O Deus de Elias.

Mesmo andando com Elias, Eliseu ainda não tinha condições de enfrentar Jezabel, mas não precisava se preocupar com ela. Segundo a revelação da chamada, ela não escaparia da espada de Eliseu (1 Rs 19.17), mas se escapasse certamente seria morta pelo “outro profeta”.

A MAIOR REVELAÇAO JÁ ENTREGUE PARA UM HOMEM
E disse Elias: “Vamos ver o que Deus tem reservado para mim em Horebe, o monte das revelações. Já se revelou à Moisés (Ex 3.1) e também a Lei (Ex 19 - 20).

A revelação: “Eu ainda tenho um equipe, 7100 – 7000 fiéis, 100 profetas e dentre os 7000 tenho um socorrista e o seu sucessor.

VÁ E VEM DE ELIAS
Vá a Acabe – e diga que não vai chover, EU cumprirei;
Vá ao Querite – porque já ordenei que os corvos te sustentem;
Vá a Acabe  - e diga que vai chover, EU cumprirei;
Vá a Sarepta – porque já ordenei que uma viúva te sustente;
Vá a Horebe – PORQUE SERÁ CUMPRIDO O SEU CAMINHO.

Para todos os outros lugares houve um “vá” e uma recompensa ou promessa, mas para Horebe, a única certeza foi que seu caminho seria cumprido, como de fato o é até hoje. O que moveu o coração de Elias para que cumprisse este ide?

Vai embora Eliseu, vai embora Eliseu, vai embora Eliseu, por três vezes Elias disse isto. Tem muitos ouvindo o mesmo na atualidade. Vai embora, fulano, vai embora fulano, vai embora fulano, para outro lugar, para outro ministério.

Elias seria tomado de Eliseu. Ficaria doente, morreria, então foi por isto que Eliseu não o quis deixar, sabia que ele precisaria de ajuda, ou será que imaginou que o professor seria tomado e levado ao céu por um redemoinho e que veria carros e cavalos de fogo.

A CAPA – LANÇAMENTO E CAÍDA
A capa ainda está sendo jogada em muitos, mas isto não é sinal para que saiam e realizem o dobro de milagres, ou é?

Eliseu somente começou a ser usado depois da ida de Elias e após a queda da capa, antes ele não tinha condições, era apenas um moço aprendiz de profeta.

Tem muita gente pulando etapas. Não esqueçam, capa lançada é sinal de transferência e capa caída sobre alguém é inicio de ministério, antes disto, quebraremos a cara.

Elias deixou Eliseu despedir dos pais, ora! Deixou ele lagar o arado, guardá-lo, preparar o churrasco, beijar os pais para então depois seguir o profeta mestre. Jesus não deixa fazer isto (Lc 9.59-62).

Porque Elias esperou por tudo isto? Será que pensou rápido: “Estou sozinho mesmo, sei que existem 7100, quem sabe este menino tem chamada”.
  
PORÇÃO DOBRADA
“Pede o que queres agora”! Esta pergunta deve ser feita com muita cautela na atualidade.

Eliseu se imaginava inútil? Sem condições para dar continuidade ao ministério profético? Será que imaginou: “se pedir apenas a porção normal certamente não darei conta, então vou pedir dobrada”.

O mérito de Eliseu não é por causa do dobro de milagres e sim em virtude da porção dobrada.

Elias deixou um legado espiritual, por isto Eliseu desejou continuar. Mas também deixou a moral inquestionável. Imagine se Eliseu dissesse: “eu profeta, como aquele Elias, prefiro ficar no campo cuidando de minhas terras”.

Elias nunca se sentou na mesa de Jezabel, nem mesmo para trocar uma ideia, pedir alguma recompensa. Ele temia que alguém pudesse vê-lo e imaginar que estivesse desviado de sua missão e fé.

Por: Ailton da Silva - Ano IV

Nenhum comentário:

Postar um comentário