Presidente Prudente (SP),

Apresentação da lição em power point

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Lição 1 - pós aula




Se conselhos fosse bom, alguém venderia. Deus no deu.

A ORAÇÃO DA PREOCUPAÇÃO. ORAÇÃO DE SALOMÃO (1 Rs 3.7-10)
“Senhor, como eu não tenho inimigo e tenho muito tempo, então te peço uma coisa somente: SABEDORIA para fazer este povo entrar e sair. Não estou pensando em mim, mas sim em todos”.

Salomão teve muito tempo livre, por isto pode pensar no povo.

A guerra toma muito do nosso tempo, tomou muito tempo do pai de Salomão.

Marco da administração davídica: espada

Marco da administração salomônica: sabedoria.

Salomão sabia que a espada havia sido a marca registrada do reinado de seu pai, por isto pediu algo que indicasse e marcasse a sua administração. Este marco foi a sua preocupação com o povo.


APLICAÇÃO DA SABEDORIA DE DEUS
Quem poderia ir contra isto ou quem teve coragem de questionar: “Dividam o bebê ao meio, pois assim a verdadeira mãe se revelará” – 1 Rs 3.16-28

"Dividam o bebê ao meio, assim a verdadeira mãe se revelará" - De onde este homem tirou isto? Nós sabemos!

Se o veredito dependesse do conhecimento humano certamente quem estivesse julgando levaria em conta alguns pontos:
  • Qual das duas poderá me retornar algo no futuro;
  • Qual das duas pagará mais pela decisão hoje;
  • Algumas delas é parente ou conhecida minha?

José, você salvou o Egito da crise, mas não perdoou seus irmãos! Foi ético, moral, mas não se importou com valores espirituais. Ainda bem que ele não ouviu isto.


SEÇÃO: DITADOS POPULARES
Tem dia que de noite escurece.
Água corrente não mata a gente.
Águas silenciosas são a mais perigosas.
À bodas e ao batizado não vá sem ser convidado.
A corda faz da velha uma gorda e da menina uma formosa.
Depois dos fartos vem os pratos.
Galinha vesga procura cedo o seu puleiro.


SAULO NÃO PODE COM A SABEDORIA DE DEUS
A sabedoria de Estevão não pode ser resistida e tampouco combatida, nem mesmo por Saulo, o conhecedor, o inteligente, o farto de Lei, mas falto de sabedoria.

Saulo ficou ouvindo, admirado com a sabedoria de Estevão. Ele conhecia mais do que o pregador, mas algo fascinou ele, a sabedoria com que o pregador estava explanando a Palavra.

Segundo o entendimento humano, os livros sapienciais não possuem enredo, história, contexto e não são capazes de fascinar tanto quanto os outros livros. Puro engano, fascinam e nos instigam sim a termos uma vida de reflexão e mudança..

Provérbios: frases curtas, que afirmam grandes verdades e que não apresentam brechas para debates ou justificações humanas (as nojentas, tipo: eu sou, eu faço, eu estou certo, julga a minha causa Deus, cobra dele, mostra para eles que não sou como ele e blá, blá, blá).

Engole esta Hamã: antes de você existir, bem antes do reino de Israel ser dividido Deus já havia citado você (Ec 10.8a), quem abre cova ou constroi forcas nelas cairão.

“VOCÊ ESTÁ DEMITIDO”
Sábios boaquiabertos, revoltados com Faraó que havia depositado a confiança em um filho de pastor, abominação para eles.

Havia muitos homens com formação secular necessária para socorrer o Egito em suas futuras dificuldades financeiras, mas não havia um homem com sabedoria de Deus para administrar a crise que se aproximava.

José disse: “o sonho de Faraó é um só”, esta foi a revelação de Deus, depois ele aplicou a sabedoria adquirida e diante dos sábios egípcios aconselhou o governante da nação: “arrume um varão inteligente, coloque-o sobre o Egito, coloque governadores, tomem 1/5 da terra, ajunte comida, amontoem trigo”.

Arrume um homem, nomeie governadores, recolha 1/5 da terra e ajunte comida, coloque um homem sábio (não precisa ser eu, pode ser qualquer um, não estou pedindo para ser eu).

Os sábios do Egito não se conformavam por não terem pensado em algo semelhante ou por não terem dados estes conselhos, era tarde demais, eles estavam demitidos.

Havia muito pão no Egito, mas também havia muita fome. Faltava um homem com sabedoria de Deus para repartir, vender e socorrer com justiça (Gn 41.55-57).

Por: Ailton da Silva - Ano V

Nenhum comentário:

Postar um comentário