Presidente Prudente (SP),

Apresentação da lição em power point

terça-feira, 23 de junho de 2015

Curiosidades teológicas Pregação/personalidade. Ida lenta e retorno rápido. Pena de morte para Caim. O aplicador da misericórdia. As bofetadas dos sumos-sacerdotes – A Palavra e Nada abalou a Palavra de Deus


“a pregação é a verdade através da personalidade”.

Jesus voltará, como num piscar de olhos, mas para retornar ao céu Ele voltou bem lentamente (At 1.9)

Deus proibiu que Caim fosse morto após a morte de Abel (Gn 4.15). Ele mesmo entendeu que poderia ser morto por alguém, mas foi “tranqüilizado” por Deus. Caso ele tivesse que pagar com sua vida pela morte do irmão, quem executaria a sentença? O pai, que já estava traumatizado e fragilizado pela tragédia? A mãe? A situação pioraria e fugiria ao controle.

Jesus – o aplicador da misericórdia à humanidade.

Jesus foi esbofeteado com o consentimento do sumo sacerdote (Jo 18.22), o mesmo aconteceu anos mais tarde com o apóstolo Paulo que também foi esbofeteado a mando do sumo sacerdote (At 23.2).

A Palavra de Deus não foi abalada ou colocada em xeque quando:
  • Adão e Eva foram expulsos do paraíso;
  • Ou quando Noé e sua família entraram e saíram da arca;
  • Ou quando os hebreus entraram e saíram do Egito;
  • Muito menos na posse ou perdas da Terra Prometida;
  • Na ida para o cativeiro babilônico ou no retorno do exílio para reconstruírem Jerusalém;
  • Na morte, ressurreição ou ascensão de Jesus.
  • Jesus levou uma bofetada a mando do sumo sacerdote (Jo 18.22), anos mais tarde o apóstolo Paulo também passou pela mesma situação (At 23.2)


Por: Ailton da Silva - 5 anos (Ide por todo mundo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário