quinta-feira, 14 de outubro de 2021

Neemias: como sair do anonimato - Capítulo 16

MISSÃO, OBJETIVOS/METAS E OPOSIÇÃO

 1) A MISSÃO:

a) Primeira Fase – reconstrução do muro e portas:

Tudo começou com uma simples pergunta (1.2). Porque demonstrou tanta preocupação com os judeus e Jerusalém? Distante cerca de 1600 km, alheio aos problemas da cidade e do povo, até então, não teria necessidade de tamanha preocupação. Afinal, deveriam existir homens naquela cidade? Autoridades? Crentes? Fieis?

Neemias sempre teve boas intenções e demonstrou querer bem aos judeus desde o início (2.10), por isto resolveu colocar em prática o que Deus havia colocado em seu coração, ainda em Susã.

Foi acusado de rebelião (2.19), mas se mostrou integro diante da oposição (2.20). Declarou em alta voz a sua vitória e proferiu a sentença de seus opositores, que não teriam memória em Jerusalém e realmente não tiveram, pois em nenhum momento, tanto ele quanto Esdras, se preocuparam em relacionar o nome dos três em algumas de suas relações genealógicas, a não ser que tivessem alguma delas fosse intitulada desta forma: “relação dos inimigos que perturbaram a ordem de Jerusalém durante a reconstrução, a saber: Tobias, Sambalate e Gésem”.

Quando Neemias contemplou a reconstrução a pleno vapor, iniciando-se pela porta das ovelhas (3.1), talvez tenha se imaginado um verdadeiro líder, influente, quem sabe neste momento não tenha entendido que a sua missão era somente aquela, ser um grande mestre de obras e nada além disto.

Mas durante aquele período foi se revelando um verdadeiro pastor, zeloso pelas ovelhas, pela cidade e que acima de tudo não fazia nada para a sua promoção ou bel prazer:

  • Respondeu a alturas as provocações dos inimigos (4.4-5);
  • Resolveu a problemática do povo com sabedoria e lisura (5.14-16);
  • Disse não as ofertas e convocações dos opositores (6.1-5);
  • Não deixou nascer em seu coração o que foi semeado pelos inimigos, quando lhe disseram que desejava reinar (6.6);
  • Com sabedoria não se refugiou no Templo. Tinha autoridade para a reconstrução, mas não tinha para aquilo a que estava sendo forçado a fazer (6.12), não tinha função sacerdotal.

Com tudo isto Neemias ganhou a confiança do povo e terminaram a obra após longos cinquenta e dois dias de trabalhos (6.15). Aquela visão atemorizou os inimigos, que reconheceram que tudo havia sido obra das mãos de Deus. Ora quem mais poderia ter feito tudo aquilo nos corações dos judeus?

continua...

Por: Ailton da Silva - 12 anos (Ide por todo mundo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário