quinta-feira, 4 de novembro de 2021

Neemias: como sair do anonimato - Capítulo 17

OS ÚNICOS E VERDADEIROS VITORIOSOS 

1. RELAÇÕES DE VITORIOSOS – “OS QUE”:

  • Retornaram com Zorobabel (12.1-26) e Esdras (Ed 8).
  • Retornaram do cativeiro (7.6-66);
  • Trabalharam na reconstrução (3.1-32);
  • Retornaram com Esdras (8.1-36);
  • Serviram como obreiros local (8.4);
  • Ensinavam e explicavam a Lei (8.7; 9.4-5);
  • Firmaram o concerto (10.1-28);
  • Habitavam em Jerusalém e em toda Judá (11.1-36);
  • Participaram da dedicação dos muros (12.31-42).

 

2. RELAÇÃO DE DERROTADOS – “OS QUE”:

  • Casaram com mulheres estrangeiras (Ed 10.18-44);
  • Profanaram o sábado através do comércio e trabalho;
  • Se aparentaram aos opositores;
  • Concederam privilégios aos opositores.

 

3. NEEMIAS E OS GRANDE VULTOS BÍBLICOS:

Neemias, o líder que mudou a história de Israel e um dos maiores da história sagrada. De copeiro do rei a governador de Jerusalém.

Em curto espaço de tempo saiu do anonimato e se tornou um grande exemplo para a igreja. A integridade foi uma das principais características de sua vida. Um exemplo de lealdade, pois sempre agiu como um verdadeiro líder guiado e orientado por Deus. Não mediu esforços para que os judeus conhecessem e se mantivessem íntegros. Suas atitudes (13.25) não o qualificava como extremista, muito pelo contrário, foi zeloso durante a sua estadia em Jerusalém. Entendeu que aquele povo necessitava de ajuda e que era o preparado para esta missão.

“Mui zeloso pela lei foi Neemias”, lutou contra o mal, atrapalhou os planos dos opositores, que impediram a reconstrução espiritual do povo.

Levantou os muros, as portas, foi um trabalhador incansável, exemplo para muitos, defensor da justiça, honesto, integro, piedoso e convicto. Quem foi capaz de mudar sua opinião ou pensamento durante a sua administração? Este homem duro, sério e corajoso, se derramava diante de Deus em clamor por todos (1.4-11).

Copeiro do rei Artaxerxes, abriu mão de todas as vantagens que o cargo lhe oferecia e atendeu ao chamado de Deus para a sua vida. Distante da cidade sim, mas não da história de seus antepassados e de Deus.

Ao ouvir a noticia sobre a situação da cidade, em vez de se lamentar, clamou a Deus pela mudança. Renunciou a tudo e após uma longa viagem deu inicio aos trabalhos e durante o progresso da reconstrução Deus foi, aos poucos, lhe revelando qual realmente seria a sua missão naquele lugar.

Talvez Hanani, o porta voz, que levou as notícias a Neemias, tenha recebido de Deus esta incumbência. Sua missão especifica e direta, seria abalar os fundamentos do futuro líder, que estava por enquanto no anonimato. Certamente a vida dele não foi a mesma depois daquela conversa.

Em nenhum momento Neemias foi conivente com o pecado do povo. Não se conformou com a situação que encontrou logo em sua chegada. Não era somente a miséria material que estava visível, havia algo mais por trás de tudo. Sempre denunciou os desmandos e desvios, combateu de frente os que estavam prejudicando a sua missão e não temeu as represálias.

Neemias sempre se portou como um verdadeiro líder preocupado com a situação espiritual do povo. Não se aproveitou da posição como os anteriores, mas foi exemplo em tudo.

Neemias administrou todos os recursos disponíveis com honestidade, transparência e sabedoria (5.9-12). Desta forma ele não encontrou dificuldades para atingir seus objetivos.

Soube trabalhar o emocional do povo, motivando-os, não procurou logo de principio exercer o seu poder de governador, mas sim exerceu a sua autoridade, pois sabia que o trabalho seria árduo e necessitaria da ajuda de todos.

A sua administração foi correta e a sua liderança foi reconhecida, pois todas as vezes que conclamou o povo ao trabalho, foi prontamente respondido.

O viver de Neemias e a sua conduta não poderiam, em nenhum momento, serem questionados pelos judeus ou até mesmo pelos opositores. Isto era o mínimo que o cargo exigia.

 

a) Neemias x rainha Ester:

De uma hora para outra o trono foi tirado da rainha Vasti (Et 1.19), pois se recusou comparecer diante dos convidados do rei Assuero. Uma oportunidade surgiu para as moças do reino que poderiam se beneficiar pela vacância daquele cargo.

Dois vultos importantíssimos no plano de Deus saíram do anonimato justamente em um momento calamitoso, mas tudo isto não impediu que Neemias e Ester, igualmente, trabalhassem em favor dos judeus, demonstrando todo o amor e zelo pelo povo e história dos antepassados (Ne 2.10b; Et 7.3). A cidade semi-destruída, sem perspectiva e aquela tragédia pessoal na vida da destituída rainha foram os cartões de apresentação destes dois grandes servos de Deus. 

Neemias poderia ter ficado com seu trabalho secular, com as vantagens e Ester, já direcionada ao trono poderia somente ter se preocupado com sua família, seus interesses pessoais, vaidade, mas o primeiro preferiu a viagem longa e cansativa, enfrentou os opositores, mentiras, ameaças, reclamações e erros, enquanto que a segunda arriscou a própria vida para salvar boa parte da nação.

continua...

Por: Ailton da Silva - 12 anos (Ide por todo mundo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário