Presidente Prudente (SP),

Apresentação da lição em power point

domingo, 1 de março de 2015

Abraão no Moriá. Verdade e mentira. Revelações necessárias. Comida de Deus. Kronos e Kairos, Bom samaritano. Ídolos furtados.


Abraão exultou por ver o meu dia e o viu e alegrou-se (Jo 8.56), ele viu no monte Moriá (Gn 22.10). O quase sacrifício de Isaque era uma figura do Calvário. Paulo explicou bem isto: “[...] anunciou primeiro o evangelho a Abraão” (Gl 3.8)

É possível dizer a verdade de forma errada.

Nas escrituras, temos somente a revelação necessária e não absoluta. Somente o necessário para a nossa salvação foi revelado.

Somente Deus sabe preparar comida boa para profeta continuar sua jornada, que nos diga Elias

Como descobrir a hora do seu milagre: A hora do seu milagre será no momento em que o kairos se cruzar com o kronos.
Kairos – tempo de Deus
Kronos – tempo do homem

Parábola do bom samaritano – para os que gostam da matéria é um prato cheio
Homem atacado pelos ladrões: Adão (humanidade):
  • Jerusalém: os céus;
  • Jericó: o mundo;
  • Os ladrões: o diabo e suas hostes;
  • O sacerdote: a lei;
  • O levita: os profetas;
  • O bom samaritano: Cristo:
  • O animal sobre o qual foi colocado o homem ferido: o corpo de Cristo;
  • A estalagem: a igreja;
  • As duas moedas: o Pai e o Filho (Antigo e Novo Testamento; os dois mandamentos de amor, a Deus e ao próximo; fé e obras; virtude e conhecimento; corpo e sangue de Cristo);
  • A promessa do bom samaritano de voltar: a segunda vinda de Cristo.
Interessante:
Gn 31.34 – Ídolos eram possivelmente pequenos objetos que também serviam como comprovação de posses de terras ou propriedades, quando Raquel furtou os ídolos do pai, ela estava mostrando preocupação com a sua herança, que fatalmente não receberia.

Por: Ailton da Silva - 5 anos (Ide por todo mundo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário