Apresentação da lição em power point

quarta-feira, 16 de junho de 2010

O batismo de Jesus

O batismo não salva, não lava pecados e não complementa a salvação, somente o sacrifício do calvário pode fazer isto.

Seu significado literal: imergir, mergulhar, enquanto que liturgicamente nos remete a idéia de expressão da fé e comunhão com Jesus.

O batismo já existia em Israel, porém o de João Batista era diferente, pois ele estava batizando judeus e não os gentios e prosélitos. Será que os judeus estavam tão impuros assim?

O batismo que existia antes era para os prosélitos, previsto na Lei, mas este de João Batista não estava previsto, mas era necessário já que a própria Lei era insuficiente para proporcionar mudança de vida para o homem.

O povo estava sendo batizado mediante o arrependimento, pois eram pecadores e no caso de Jesus, porque teve que se batizar? Tinha pecado? Talvez por isso João Batista se recusou a batizá-lo. realmente a pirâmide estava invertida.

Mas na verdade, o caso era que o ministério de João Batista precisava de uma confirmação, um marco, um acontecimento importante. Esta era a sua grande chance

Objetivos do batismo de Jesus:
•confirmar o ministério de João Batista
•para a Igreja seguir o seu exemplo. Todos teriam que ser batizados
•cumprir toda a justiça (palavra)
•identificar-se com a massa pecadora
•prova de sua natureza humana

Os judeus esperavam que o Messias fosse se revelar pela sua força, riqueza, influência para que acreditassem, porém a sua natureza divina foi revelada no seu batismo, pois antes somente havia o testemunho de João Batista, agora tinha o do Pai.

extraído do plano de aula utilizado na lição nº 5 do 1º trimestre de 2008 - jesus verdadeiro, homem verdadeiro deus. autor: ailton silva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário