quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Barriga da mãe ou profundezas da Terra? Espírito, alma e corpo – a parceira que deu ou deveria ter dado. Bíblia escrita nas estrelas. Estado civil e opção sexual do Maligno. Bíblia sem voz, homem sem ouvido. Alma que usa o corpo.


Tu viste quando os meus ossos estavam sendo feitos, quando eu estava sendo formado na BARRIGA DA MINHA MÃE. (Nova Tradução na Linguagem de Hoje)

“Os meus ossos não te foram encobertos, quando no oculto fui feito, e entretecido nas PROFUNDEZAS DA TERRA” (Almeida Corrigida e Revisada)

Meus ossos não estavam escondidos de ti quando em secreto fui formado e entretecido como nas PROFUNDEZAS DA TERRA” (Nova Versão Internacional)

“Nada de minha substância vos é oculto, quando fui formado ocultamente, quando fui tecido nas entranhas subterrâneas” (Versão Católica)

Espirito alma e corpo – a parceria que deu certo ou pelo menos deveria ter dado.

Bíblia – inspirada por Deus, mas escrita por homens. Se tivesse sido escrita nas estrelas, quem sabe a humanidade daria credito.

Engraçado: a ciência e a sociedade nunca questionou o estado civil, opção sexual ou qualquer outras questões relativas ao Maligno, no entanto, sobre Jesus como insistem (casamento e esposa de Jesus, mãe ou esposa de Deus, etc.).

“Quando a Bíblia não tem voz, não tenhamos ouvidos”. Quando Deus ficou em silêncio durante o período interbíblico, o homem então resolveu abrir sua boca para falar e escrever besteiras (livros apócrifos).

“O homem é uma alma que faz uso de um corpo. A alma se mantém em atividade e ultrapassa o corpo”. Santo Agostinho.

Por: Ailton da Silva - 8 anos (Ide por todo mundo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário