Presidente Prudente (SP),

Apresentação da lição em power point

sábado, 1 de março de 2014

A instalação e paradeiro do Tabernáculo

Siló foi a cidade escolhida, por Israel, para a montagem definitiva do Tabernáculo, após a entrada em Canaã (Js 18.1), mas eles não tinham até então, uma capital, por isto esta cidade foi local apropriado para a entrega de mensagens um tanto quanto tristes, principalmente quando envolvia a figura dos filisteus, vide o caso da mensagem recebida pelo sacerdote Eli.

Os filisteus, provavelmente destruíram Siló em batalhas anteriores à tomada da arca do concerto, mais ou menos algo em torno de 1050 a.C. (1 Sm 4.1-8; Jr 26.2-6). Esta foi a consequência pela má administração e conivência de Eli (1 Sm 2.12-17).

O Tabernáculo foi salvo juntamente com a mobília, haja vista ter sido montado em Nobe, durante o reinado de Saul (1 Sm 21.1-6). Naquele lugar Davi e seus soldados comeram dos pães da proposição. Depois o Tabernáculo foi levado para Gibeão, durante os reinados de Davi e Salomão (1 Cr 16.39; 21.29;-30; 2 Cr 1).


Fonte: Resumo elaborado conforme notas de rodapé da Biblia de aplicação pessoal (Js 18.1; 1 Sm 4.1-8; 7.1) e da seção “lugares chaves” do livro de 1 Samuel.

Por: Ailton da Silva - Ano VI (desde 2009)

Nenhum comentário:

Postar um comentário