Apresentação da lição em power point

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

pós aula - lição 7

1. Esvaziamento pessoal: Moisés, Davi e Paulo quando foram chamados deixaram muito para trás, pensaram somente no progresso e no crescimento do reino de Deus;

2. Existe muita diferença entre servir a Deus e trabalhar para o crescimento do reino de Deus, não basta somente declarar, tem que agir;

3. Eu sou um pecador, você é Deus e está agindo com um escravo. Um dia os papeis se inverterão. Vocês (representantes do reino) estarão aqui na minha posição, lavando os pés de um pecador;

4. Os necessitados que procuravam Jesus sempre foram ouvidos e atendidos, mesmo quando fosse asneira, bobeira como o jovem rico, que disse que já praticava tudo e não faltava nada?

5. Graças de te dou, oh Senhor porque revelastes (alguns) segredos aos pequeninos, mas ocultastes (todos) aos sábios e entendidos;

6. A preocupação dos apóstolos da igreja primitiva era com a Palavra, por isto instituíram os diáconos para auxiliarem no socorro;

7. Se não servirmos a Deus como teremos condições de servirmos ao próximo? Servirmos ao próximo e não servirmos a Deus? Servirmos os dois? Não servirmos nenhum?

8. Adão não foi criado somente para esperar a visita de Deus na viração do dia, assim como a igreja não foi salva para se preocupar apenas com ela mesma, mas sim deve se preocupar com a vida dos outros. Estão bebendo, fumando, prostituindo, e eu vou me preocupar por eles?

9. O interesse do lava pés era para evitar que a sujeira se espalhasse na casa ou para descanso dos pés, relaxar?

10. Andou muito na vida, cansado, dedão esfolado, muito sofrimento, por isto que a igreja deve se posicionar como serva e atender os que chegam nestas condições, e são muitos, mas não precisamos seguir a risca, literalmente, ao pé da letra. Para termos parte com Deus devemos nos portar como servos, atitude;

11. O importante não era o que estava com o pezão, esticado, esperando para ser lavado pelo escravo, mas sim o escravo que lavava os pés;

12. No mundo os homens ouvem: se vocês não beberem, matarem, se prostituírem, mentirem não terão parte comigo (assim diz o inimigo);

13. Eu sou compromissado com a obra, faço, refaço, mas não amo ninguém, então virou negócio. Quantos farmacêuticos oram pela saúde do povo? Ou oram para que fiquem doentes? Os donos de funerária oram para haja mais morte? Os donos de oficina torcem para que mais carros apresentem problemas? Os empreiteiros se alegram pelas enchentes para terem mais construções? Os carros de som (é com muito pesar que comunicamos), ou dão graças a Deus por mais um anuncio (aqui na cidade os carros de som anunciam os óbitos);

14. Não temos que orar pedindo a Deus que tenha mais gente se prostituindo, matando, roubando etc, mas sim devemos orar para que tenhamos mais campos de trabalho, pois tem muitos que não praticam estas obras e que mesmo assim necessitam da Palavra;

15. Expulsar demônios (pode sobrar algum safanão), pegar nas serpentes (enfrentar toda sorte de perigo), beber coisa mortífera (algo que pode abalar a minha estrutura), qual destas tarefas seria a melhor?

16. Todos as criaturas tem o direito de ouvir a Palavra e todos que se julgam igreja tem o dever de pregá-la;

17. Sermão de Pedro: “Este Jesus que vocês mataram é o que esta desejando salvar a vida de vocês”, nos esquecemos o que vocês fizeram e lhes oferecemos a salvação;

18. Se isto não fosse amor! Teriam pregado em outras regiões do mundo, depois quando a ferida cicatrizasse eles voltariam para pregar em Israel;

19. Mesmo ciente da missão, e cheios do Espírito Santo os apóstolos não entenderam de principio a obra missionária. Não era para tão somente ficarem nas praças centrais de Jerusalém. Era necessário atingir os confins da Terra;

20. Mas onde estão o ânimo, os recursos, a literatura, o passaporte para irmos? Cadê, mostra-nos? Tudo isto foi a morte de Estevão;

21. “Moisés de somente um passo para trás e acabarei com este povo, somente um passo e dizimo todos e preservo você”

22. As igreja da Judéia tinham paz (ok), da Galiléia idem (ok), da Samaria também (At 9”31). Meu Deus, já tinham comunhão. A mulher samaritana espantou-se quando Jesus conversou com ela. Não era para entender naquele momento, isto seria entendido depois;

23. Não vimos na igreja primitiva os apóstolos se vangloriando, tipo: eu fiz parte do grupo dos onze, eu estive aos pés da cruz, eu neguei, mas chorei amargamente e depois fui o primeiro pregador, eu estudei com o melhor do professor já visto na humanidade;

24. Conheci um homem esta semana, durante uma visita que nunca foi na escola, mas foi capaz de cavar um poço (mini) artesiano com uma cavadeira, não precisou sequer alargar o buraco. Ele percebeu, durante os trabalhos de pavimentação, um lugar por onde passsava um veio de água, colocou uma mangueira, tampou a boca, e direcionou a água para o chuveiro elétrico e pia. Isto com pouca caída. Quanta sabedoria;

25. Serviço cristão: “já estou fazendo o que eu sei, eu já estou servindo a Deus”. Eu já fazia isto no mundo! Mas fomos chamados para fazermos o que não conhecíamos, para fazermos diferente do que fazíamos no mundo;

26. Servir a Deus e ao próximo, o que é mais difícil? Não podemos ver a indignação de Deus. Se Israel conseguisse enxergar o semblante irado de Deus, certamente eles fugiriam, mas com o próximo a história é diferente, enxergarmos o seus rostos, ouvimos suas reclamações. Servir a Deus é tão difícil quanto servir ao próximo;

27. Foi difícil para Adão e Eva obedecerem a Deus no paraíso? Mas e fora, por acaso foi fácil. A preocupação aumentou, pois seria ele, ela, os filhos, os animais, os conflitos, os sentimentos que estavam privados antes, mas que agora conheceriam;

28. Pescar homens é um trabalho que não tem fim;

29. Se Deus não tivesse agido a igreja de Jerusalém estaria ate hoje, pregando somente na sua rua do seu bairro;

30. No mundo ainda tem muitos pregadores, administradores, ministradores, cantores, etc, mas eu pensava que sem eu, a obra terminaria, o trabalho acabaria ou “sem mim nada podereis fazer”, olha a prova de que o homem não deve ser gloriar;

31. Amar uns aos outros não era uma novidade pregada por Jesus, já era conhecido deles;

32. Serviço da igreja: olhar para os novos convertidos para entender seus problemas; aperfeiçoa-los;

33. Obra de Deus como negócio: missão com resultados, números;

34. Se Deus deixasse Adão cuidaria apenas dos animais ou somente da terra. Se não consegue cumprir as duas tarefas (missão integral) então não tem condições de continuar no paraíso. Quando a igreja não cumpre a sua missão integral ela sai da direção de Deus.

Por isto que não me canso de dizer: NÃO HÁ DEUS COMO JEOVÁ!

Nenhum comentário:

Postar um comentário