Apresentação da lição em power point

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

A simplicidade de uma grande obra


Noé foi chamado para construir a arca. Foi um homem obediente, pois seguiu a risca todas as instruções recebidas e não a construiu conforme seu gosto. Recebeu ajuda somente de sua família e enquanto trabalhava, o povo zombava. A construção se deu justamente em um momento de crise mundial (destruição da raça humana) devido aos seus pecados.

Não tinha noção nenhuma de engenharia naútica, mas foi capacitado para aquela obra. Não possuia modelos anteriores de homens que andaram na presença de Deus para se espelhar.

A arca não foi construída para alcançar grande velocidade, apenas para abrigar aqueles que estavam no seu interior.

Noé não tinha experiência para administrar conflitos pessoais e familiares. Na arca estavam pai e filhos, mãe e filhos, filhos e os pais, sogra e as noras, sogro e as noras e as noras com os sogros, provavelmente houve conflitos, mas também tiveram tempo para colocarem em práticas muitos valores morais e familiares. Entraram na arca e trabalharam e não ficaram somente espiando os mortos.

Foi encarregado de reunir os animais para entrarem na arca, uns vieram de bom grado outros possivelmente amarrados, laçados, carregados, empurrados ou nas costas. Noé também recebeu conhecimento da parte de Deus para entender a natureza dos animais. 

Os homens não tiveram provas físicas para acreditarem no que Noé falava, mas prova física maior que o movimento dos animais para dentro da arca não poderia ter existido.

Se não acreditaram na grandiosidade da construção da arca ao menos deveriam acreditar na obra espiritual que estava sendo realizado, pelo menos poderiam ter percebido a sensibilidade e fidelidade dos animais vistos na obediência à voz de Deus.

Noé e sua família trabalharam durante o tempo em que permaneceram na arca, ora na alimentação dos animais ora na limpeza. Todo o estrume era jogado para fora, pois Noé primava pela limpeza

Noé soltou um corvo (esperto), pois se o corvo não voltasse saberia que a terra já estava seca. Outro problema seria se o corvo voltasse com restos de carniça ou cheirando mal, desta forma, sujaria a arca e infestaria com o cheiro desagradável.

Noé abriu a janela na hora certa de soltar os animais, não ficava abrindo e fechando toda hora, por curiosidade ou para ver os mortos. Quando saiu da arca erigiu um altar para adorar a Deus e não foi diretamente comemorar a sua salvação.


Por: Ailton da Silva - 6 anos (Ide por todo mundo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário