Presidente Prudente (SP),

Apresentação da lição em power point

quinta-feira, 14 de abril de 2011

lição 3 - preparativos

Vamos aos preparativos para domingo, certamente vão surgir estas clássicas perguntas, como frisaram o batismo de João, segue algumas sobre ele, mas o interessante seria não ficarmos muito no assunto, e irmos direto ao tema central desta lição:

1) E quando o Senhor entendeu que os fariseus tinham ouvido que Jesus fazia e batizava mais discípulos do que João (Ainda que Jesus mesmo não batizava, mas os seus discípulos)- Jo 4:1-2.

R: Batizava ou não batizava? No capítulo 3, ficamos na dúvida, neste, deixou bem claro que foram os fariseus que falaram, porque ouviram de alguém, entre a audição dos fariseus e o relato do evangelista em que vamos crer? Creio que resposta para esta pergunta, convicente, é dificil. Mas tudo é válido. Jesus não batizou ninguém, mas o discípulos dele sim. Isto aconteceu mesmo na época do ministério de Jesus, ou seja, tinha a orientação Dele. A instrução deixada por Ele foi que os discípulos batizassem aos que cressem, e Jesus mesmo mostrou a importância da obediência quando Ele mesmo foi se batizar no Jordão. O batismo é uma ordenança, é um compromisso com Deus, como a circuncisão era para os judeus. É uma formar de não negar ao Senhor.


2)Esta eu encontrei em um fórum, para efeito de curiosidade é boa:

É Israel passando pelo Mar Vermelho (justificação);

É Israel 40 anos separado no deserto (santificação);

É Israel entrando na Promessa-Canaã (Bat. Esp.Santo).


É a terra passando pelo diluvio (justificação);

É a terra ungida p/ sangue do calvário (santificação);

É a terra purificada pelo fogo (bat. no Esp.Santo).


Até o nosso nascimento natural passa por isso.

Rompe a bolsa e temos água (Justificação).

Depois vem sangue (santificação).

E por último a vida, o nascimento de fato (batismo no Espírito Santo).


3) Jesus foi batizado por João Batista, que estava batizando os pecadores e anunciano o reino de Deus, "para os pecadores".


4) primeira pregação de Pedro 3000 convertidos, eita batismão, haja água e houve.


5) A palavra grega para batismo é baptisma, que se deriva do verbo baptizõ, que etimologicamente significa imersão, mergulhar. Isto explica a prática neotestamentária para o batismo (Atos 2.38,39), e a realidade do sepultamento e ressurgimento com Cristo Jesus (Rm 6.4).


6) Embora a expressão batismo aparece pela primeira vez na Bíblia ao ser anunciado por João, no entanto, existiam alguns ritos batismais já antes do Cristianismo e de João Batista, inclusive entre algumas religiões pagãs e comunidade judaica (o batismo dos ‘prosélitos’, pessoas convertidas ao judaísmo e dos essênios), como símbolo da purificação e da renovação.


7) O Batismo em Água – A Segunda Ordenança de Jesus à Sua Igreja

O Batismo em Água foi a segunda ordenança dada por Jesus, isto é, depois da Ceia do Senhor Jesus (Mat 28.19). A ordenança do batismo em água tem feito parte da prática cristã, desde Pentecostes. Era o rito que acompanhava à pregação do Evangelho (Atos 2.38).


8) "Eu e o pai somos um só". Não vejo ai uma terceira pessoa. Será que Jesus esqueceu? Creio que o E.S. faria a intermediação entre o homem e o céu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário