Presidente Prudente (SP),

Apresentação da lição em power point

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Mensagem: Jacó, fuga, problemas e a volta

101
JACÓ
FUGA – PROBLEMAS E A VOLTA

INTRODUÇÃO – GN 31”41
DEPOIS DO OCORRIDO, JACÓ FOI ACONSELHADO PELO SEU PAI A FUGIR, ATÉ QUE SEU IRMÃO ESAÚ, ACALMASSE.

O CERTO ERA QUE ELE TERIA QUE IR EMBORA, HAVIA SIDO JURADO DE MORTE PELO SEU IRMÃO, E PELA SUA FRAQUEZA DE CARÁTER NÃO TERIA COMO RESISTIR A FÚRIA DE ESAÚ.

NO SEU ENTENDIMENTO TANTO ELE COMO O SEU PAI HAVIA TOMADO A DECISÃO CORRETA E NO DECORRER DA SUA JORNADA PRESENCIOU ALGUNS ACONTECIMENTOS, POR PARTE DE Deus, QUE APARENTEMENTE DAVAM A IMPRESSÃO DE TINHA TOMADO A DECISÃO CORRETA.

MAS, NA VERDADE, ELE ESTAVA PASSANDO POR UM RÁPIDO PROCESSO (20 ANOS GN 31”41) NECESSÁRIO PARA A TRANSFORMAÇÃO DE SUA VIDA, PARA UMA MUDANÇA RADICAL QUE CULMINARIA COM A MUDANÇA DO SEU NOME E A RECONCILIAÇÃO COM SEU IRMÃO.


1) A FUGA:
GN 28”5 – SAIU TRISTE, JURADO DE MORTE, POIS ESAÚ PROMETEU MATÁ-LO TÃO LOGO ISAQUE MORRESSE. DESTA FORMA JACÓ PENSAVA SER ESTE O FIM DE SUA JORNADA, MAS DURANTE A CAMINHADA SONHOU, RECEBEU A VISITA DE Deus E CONHECEU SUA FUTURA ESPOSA E FAMÍLIA. ATÉ AQUELE MOMENTO TUDO ESTAVA CORRENDO BEM;

A) A OBEDIÊNCIA
• GN 28”8-9 – AS ORDENS DE SEU PAI ERA PARA QUE NÃO SE CASASSE COM AS FILHAS DE CANAÃ. UMA DAS POUCAS VEZES QUE JACÓ DEU ALEGRIA PARA SEU PAI, ELE FOI OBEDIENTE. ISTO FOI O COMEÇO DA SUA VITÓRIA;

B) O SONHO E AS PROMESSAS DE Deus:
• GN 28”12 - SONHO DA ESCADA POR ONDE OS ANJOS SUBIAM E DESCIAM, NÃO ERA QUALQUER UM QUE TINHA ESTE TIPO DE PRIVILÉGIO. NÃO COMPREENDIA COMO Deus PODERIA ESTAR ABENÇOANDO A SUA VIDA MESMO DEPOIS DE TUDO QUE ACONTECEU;

• GN 28”12-17 – NO SONHO Deus CONFIRMOU A PROMESSA FEITA A ABRAÃO E ISAQUE, E PROMETEU TRAZER JACÓ DE VOLTA PARA CUMPRIR O SEU PLANO. POR UM MOMENTO FOI NECESSÁRIO QUE FOSSE ADIANTE, MAS JÁ ESTAVA DETERMINADO POR Deus QUE ELE VOLTARIA PARA AS SUAS TERRAS;

C) O ENCONTRO COM RAQUEL
• GN 29”9-11 – RAQUEL, SUA FUTURA ESPOSA, FOI AO ENCONTRO DELE, ELA NÃO SABIA QUEM ERA JACÓ, MAS ELE SABIA QUE ELA ERA FILHA DO SEU TIO LABÃO. COMO SABIA QUE PRECISAVA GANHAR A CONFIANÇA DELA, REVOLVEU A PEDRA DO POÇO E DEU DE BEBER AS OVELHAS. DEPOIS DEU UM BEIJO NELA E SE APRESENTOU CHORANDO. NA VERDADE JACÓ ESTAVA PRECISANDO DE AJUDA;

• GN 29”14-15 – DEPOIS DE 1 MÊS E LOGO APÓS CONHECER TODA A FAMÍLIA, LABÃO DEU A OPORTUNIDADE A JACÓ DE DECLARAR O SEU SALÁRIO. ATÉ AQUI TUDO HAVIA CORRIDO BEM.


2) OS PROBLEMAS:
GN 29”16 – QUANDO JACÓ CONHECEU AS DUAS FILHAS DE LABÃO, RAQUEL E LEIA, TIVERAM INÍCIOS OS PROBLEMAS NA SUA VIDA E NÃO FORAM POUCOS E EM TODOS ELES ESTARIAM ENVOLVIDA RAQUEL, A MULHER QUE ELE AMOU DESDE O PRINCIPIO, MÃE DE SEU FILHO PREDILETO, JOSÉ.
A) O DOTE – PARA SE CASAR COM RAQUEL:
• GN 29”18 – COMO NÃO TINHA POSSES PARA OFERECER COMO DOTE PARA SE CASAR COM RAQUEL, JACÓ SE OFERECEU PARA TRABALHAR SETE ANOS. ISTO SERIA FÁCIL PARA ELE, POIS ERA ACOSTUMADO COM O SERVIÇO, CONTAVA OS DIAS E AS HORAS;

B) O COSTUME DA REGIÃO – NÃO TERIA RAQUEL PRIMEIRO:
• GN 29”21-26 – NO ENTANTO AO FINAL DESTE PERÍODO NÃO ESPERAVA SER SURPREENDIDO PELO COSTUME DA REGIÃO, QUE ESTABELECIA QUE A PRIMOGÊNITA DEVERIA SE CASAR PRIMEIRO. E LABÃO COMO ZELOSO QUE ERA DOS COSTUMES REGIONAIS NÃO FUGIU A ESTA REGRA E DEU LEIA PRIMEIRO;

• QUE DECEPÇÃO, VER SEUS SONHOS E PLANOS CAÍREM POR TERRA, SENTIU NA PELE O QUE É SER ENGANADO, POIS O SEU TIO PODERIA TER CONTADO A ELE DESDE O INÍCIO SOBRE ESTE COSTUME, MAS LABÃO VIU A POSSIBILIDADE DE TIRAR ALGUM PROVEITO DAQUELE JOVEM TRABALHADOR. JACÓ SABIA QUE A CERTEZA DE UM DIA TER RAQUEL O ENCORAJARIA PARA MAIS SETE ANOS;

C) A REAÇÃO – NÃO PODERIA PERDER RAQUEL:
• JACÓ DEVE TER SE LEMBRADO DO ROSTO DECEPCIONADO DE ESAÚ AO SABER QUE A SUA BENÇÃO ESTAVA EM POSSE DE OUTRO E AGORA ESTAVA ELE ENFRENTANDO A MESMA SITUAÇÃO, MAS EXISTIA UM GRANDE DIFERENCIAL E JACÓ, ESPERTO PERCEBEU, QUE NÃO DEVERIA AGIR COMO SEU IRMÃO, POIS PODERIA AMEAÇAR E JURAR SEU TIO DE MORTE E IR EMBORA, MAS PARA ONDE? DEPOIS DO SONHO DA ESCADA A SUA VIDA E CARÁTER FORAM MUDADOS POR Deus, SABIA QUE ESTAVA SENDO PREPARADO PARA UMA GRANDE OBRA E DEVE TER SE LEMBRADO QUE Deus HAVIA PROMETIDO LEVA-LO DE VOLTA PARA AS SUAS TERRAS.

D) A ESTERILIDADE DE RAQUEL:
• GN 29”31 - COMO SE NÃO BASTASSE TODO O OCORRIDO, JACÓ TEVE OUTRA DECEPÇÃO AO RECEBER RAQUEL, ERA ESTÉRIL. AGORA A HISTÓRIA SE REPETIA NOVAMENTE NA FAMÍLIA, POIS SUA MÃE E AVÓ TIVERAM DIFICULDADES PARA GERAREM, DEVIDO A ESTERILIDADE E IDADE RESPECTIVAMENTE, MAS SABIA QUE NÃO TINHA SIDO EM VÃO TODO O TEMPO TRABALHADO POR ELA E SE A DIFICULDADE SE REPETIA CERTAMENTE A INTERVENÇÃO DE Deus TAMBÉM ACONTECERIA.

• O INTERESSANTE É QUE AS TRÊS MULHERES, SARA, REBECA E RAQUEL, TÃO IMPORTANTES NO PLANO DE Deus PARA CRIAÇÃO DE SUA NAÇÃO, TIVERAM DIFICULDADES PARA GERAREM FILHO, MAS A PROMESSA DE Deus ERA QUE A DESCENDÊNCIA DE ABRAÃO, ISAQUE E JACÓ SERIAM TANTOS COMO AS ESTRELAS DO CÉU, ENTÃO CERTAMENTE QUE O MILAGRE SERIA DA MESMA PROPORÇÃO. NO ENTANTO ESTAS MULHERES SOMENTE VIRAM OS SEUS FILHOS, NENHUMA DELAS CONTEMPLOU O NASCIMENTO DE SEUS NETOS: SARA GEROU ISAQUE, MAS NÃO VIU JACÓ; REBECA GEROU JACÓ MAS NÃO VIU JOSÉ, E RAQUEL GEROU JOSÉ MAS NÃO VIU SEUS NETOS EFRAIM E MANASSES;

E) A INVEJA DE RAQUEL
• GN 30”1 - RAQUEL SABIA QUE ERA A AMADA DE JACÓ, PORÉM A SUA ESTERILIDADE PODERIA UM DIA, TIRAR ESTE SEU TÍTULO, AINDA MAIS QUE VIA SUA IRMÃ LEIA GERANDO QUATRO FILHOS (RUBEN, SIMEÃO, LEVI E JUDÁ). A INVEJA NASCEU EM SEU CORAÇÃO. A GUERRA ESTAVA DECLARADA E JACÓ ESTAVA NO MEIO;

F) AS SERVAS
• GN 30”3 - RAQUEL CEDEU SUA SERVA BILA PARA QUE TIVESSE FILHOS EM SEU LUGAR (DÃ E NAFTALI) E DO OUTRO LEIA, COMO JÁ HAVIA CESSADO DE GERAR, CEDEU SUA SERVA ZILPA (GADE E ASER). DEPOIS DISTO LEIA AINDA GEROU MAIS TRÊS (ISSACAR, ZEBULON E DINÁ);

G) RAQUEL E Deus:
• GN 30”22 – RAQUEL AGIU PRECIPITADAMENTE AO DAR SUA SERVA PARA QUE TIVESSE FILHOS EM SEU LUGAR, OU SEJA, TENTOU RESOLVER O SEU PROBLEMA PELAS SUAS PRÓPRIAS FORÇAS, MAS AGORA ESTAVA DIANTE DA BENÇÃO DE Deus. A VERGONHA E HUMILHAÇÃO ESTAVA SENDO TROCADAS PELA VITÓRIA. AQUELE FILHO NÃO SERIA UM QUALQUER OU UM A MAIS, MAS SIM AQUELE QUE MUDARIA A SITUAÇÃO DE TODA A FAMÍLIA


3) A VOLTA:
JACÓ DESEJOU EM SEU CORAÇÃO VOLTAR PARA AS SUAS TERRAS LOGO APÓS O NASCIMENTO DE JOSÉ, MAS TERIA QUE INFORMAR E SOLICITAR AO SEU TIO SOGRO A PERMISSÃO PARA A VOLTA, POIS MUDADO COMO FORA, APÓS A CONFIRMAÇÃO DAS PROMESSAS DE Deus EM SUA VIDA DURANTE O SONHO DA ESCADA DE ANJOS, NÃO SERIA CERTO LARGAR TUDO E FUGIR COMO FIZERA ANTES. ESTA SUA VOLTA NÃO SERIA FÁCIL, JÁ QUE TERIA QUE ENCARAR SEU IRMÃO, APÓS TANTO TEMPO, NEM SABIA COMO LHE ENCONTRARIA OU MUITO MENOS QUAL SERIA SUA REAÇÃO.

A) O DESEJO DE VOLTAR:
• GN 30”25 – O NASCIMENTO DE JOSÉ NÃO FORA SOMENTE A RESPOSTA DAS ORAÇÕES DE RAQUEL, MAS SIM FAZIA PARTE DOS PLANOS DE Deus NA VIDA DE JACÓ, POIS JÁ NASCEU EM SEU CORAÇÃO O DESEJO DE VOLTAR PARA AS SUAS TERRAS E NÃO FOI UM SENTIMENTO QUALQUER, POIS JOSÉ, FILHO DA MULHER QUE AMAVA, SE TORNARIA O SEU FILHO PREFERIDO.

B) O IMPEDIMENTO:
• GN 30”17 – LABÃO, ESPERTO QUE ERA, NÃO DEIXOU JACÓ VOLTAR DE PRINCIPIO, POIS TESTEMUNHOU QUE HAVIA RECEBIDO MUITAS BÊNÇÃOS PELA VIDA DE JACÓ, DURANTE SUA ESTADIA, MAS EM NENHUM MOMENTO MENCIONOU O SEU AGRADECIMENTO PELAS BÊNÇÃOS OU O SEU SENTIMENTO POR ELE OU MUITO MENOS PELAS SUAS FILHAS E NETOS, NA VERDADE ELE SOMENTE PENSAVA EM SI MESMO, QUERIA CONTINUAR SENDO ABENÇOADO, MAS SEM FAZER NADA, SEM LARGAR A SUA IDOLATRIA. PELA SEGUNDA VEZ ELE CONSEGUIU ENGANAR JACÓ, ESTAVA NA HORA DE Deus AGIR;

C) VOLTA PARA A TUA PARENTELA:
• GN 31”2-3 – JACÓ PERCEBEU A MUDANÇA EM SEU TIO, DEVIDO AO CIÚMES, POIS ERA MAIS PROSPERO E POSSUÍA UM REBANHO MAIOR, POR ISSO Deus DISSE A JACÓ O INVERSO QUE HAVIA DITO AO SEU AVÔ ABRAÃO: “TORNA PARA À TERRA DE SEUS PAIS E À TUA PARENTELA E EU SEREI CONTIGO”. AGORA NÃO TERIA MAIS COMO FICAR, POIS Deus ESTAVA FAZENDO ISTO ANTES QUE LABÃO ATENTASSE ALGO CONTRA A VIDA DE JACÓ E POR QUE TAMBÉM O PLANO DIVINO TIVESSE CONTINUIDADE;

• GN 31”5-14-15 - FOI FÁCIL JACÓ CONVENCER SUAS MULHERES E FILHOS A IREM EMBORA, POIS TODOS ELES JÁ ESTAVA DECEPCIONADOS COM LABÃO, ANTE O EPISODIO DO CASAMENTO E AS CONSTANTES MUDANÇAS DO SALÁRIO DE JACÓ, POIS SE HAVIA SIDO CAPAZ DE NÃO CUMPRIR O TRATO FEITO COM JACÓ O QUE DIRÁ DA HERANÇA DAS FILHAS E NETOS, QUE ELAS NEM ESPERAVAM MAIS RECEBER OU SEQUER QUE EXISTISSE;

D) A FUGA - NOVAMENTE:
• GN 31”17-21 – JACÓ FUGIRA NOVAMENTE E DE NOVO PORQUE SE SENTIA AMEAÇADO, MAS AGORA HAVIA UMA DIFERENÇA, ERA RICO, POSSUÍA BENS E SERVOS, FAMÍLIA E O PRINCIPAL, ESTAVA NA PRESENÇA DE Deus, ESTAVA SENDO GUIADO POR ELE E CHEIO DE FÉ, POIS DA PRIMEIRA VEZ HAVIA FUGIDO APÓS UM ERRO, SEM ESPERANÇA E Deus O GUARDOU, AINDA MAIS AGORA, ESTAVA CUMPRINDO O IDE DE Deus;

• GN 31”24 – MESMO QUE LABÃO, FURIOSO SAÍSSE ME PERSEGUIÇÃO A JACÓ, Deus NÃO DEIXARIA QUE ALGO ACONTECESSE DE MAL, POR ISSO VISITOU LABÃO E ORDENOU QUE NADA DE MAL OU DE BEM FIZESSE E ASSIM ELE FEZ, NADA, NEM SEQUER SEUS ÍDOLOS LEVOU DE VOLTA, NEM UMA MÃO SEQUER LEVANTOU CONTRA ELES, SOMENTE PERDEU O SEU TEMPO NA PERSEGUIÇÃO;

E) HORA DE AGIR:
• GN 32”1-31 – COMO NA PRIMEIRA FUGA Deus NOVAMENTE VISITOU JACÓ, DESTA VEZ PERMITIU A ELE VISÃO, DO QUE ELE CHAMOU DE EXÉRCITO DE Deus. LOGO APÓS ELE ENVIOU MENSAGEIROS PARA SE ENCONTRAREM COM SEU IRMÃO. IMAGINAVA ELE QUE PUDESSE AMENIZAR A MÁGOA DO PASSADO. AINDA TEMIA A REAÇÃO DO IRMÃO, POIS SABIA QUE HAVIA SIDO JURADO DE MORTE TÃO LOGO O SEU PAI MORRESSE E SERÁ QUE SABIA QUE ISAQUE AINDA ESTAVA VIVO? SE TIVESSE MORTO O SEU IRMÃO PODERIA CUMPRIR SUA JURA;

F) HORA DE ORAR:
• GN 32”6-12 – JACÓ DESESPERADO OUVIU A RESPOSTA DOS MENSAGEIROS, SEU IRMÃO ESTAVA VINDO AO SEU ENCONTRO COM 400 VARÕES (SERVOS OU VALENTES PARA A GUERRA). SERIA ESTE O FIM? MAS NO MESMO INSTANTE JACÓ LEVANTOU UM CLAMOR. ESTAVA NA PRESENÇA DE Deus E CUMPRINDO A SUA VONTADE, NÃO TERIA O PORQUE DE TUDO TERMINAR ALI, MAS TAMBÉM SABIA SERIA POSSÍVEL ESTAR COLHENDO O QUE TINHA PLANTADO, PODERIA SER AQUILO O PAGAMENTO PELOS SEUS ERROS DO PASSADO;

• GN 32”13-21 – SEPAROU PARTE DE SEU REBANHO COMO PRESENTE E ENVIOU SEUS SERVOS EM GRUPOS AO ENCONTRO DE ESAÚ, ORDENANDO QUE SE IDENTIFICASSEM E ENTREGASSEM OS PRESENTES, NA VERDADE, JACÓ TINHA UMA DÍVIDA ANTIGA E TEMIA POR ELA. SUA ESPERANÇA ERA QUE TUDO ISTO PUDESSE AMENIZAR O FURO DE SEU IRMÃO

G) MUDANÇA DE NOME:
• GN 32”28-29 – AGORA JACÓ ESTAVA PREPARADO PARA ENCARAR SEU IRMÃO, CHEIO DE VIGOR E CORAGEM, PORÉM NÃO FOI FÁCIL ATINGIR ESTE ESTÁGIO, FOI DIFÍCIL, POIS COMO UM PRÍNCIPE LUTASTE CONTRA Deus E CONTRA OS HOMENS E RECEBERA APÓS ISTO UM NOVO NOME, Israel E DE AGORA EM DIANTE NÃO TERIA MAIS O QUE TEMER, ERA PROSSEGUIR EM FRENTE, POIS Deus NÃO DEIXARIA NADA ACONTECER COM ELE;

• O IMPORTANTE NÃO ERA O NOME DO VARÃO COM QUEM JACÓ LUTARA, MAS SIM O IMPORTANTE AGORA ERA O SEU NOVO NOME, Israel. E TANTO O PRIMEIRO QUANTO O SEGUNDO NOME JACÓ HONROU COM TODAS AS SUAS FORÇAS, JACÓ (ENGANADOR, DISSIMULADOR, AMBICIOSO) E Israel (ALGUÉM QUE LUTA COM Deus E PREVALECE);

H) O REENCONTRO:
• GN 33”1-4 – ASSIM COMO Deus NÃO PERMITIU QUE LABÃO, QUANDO PERSEGUI JACÓ, FIZESSE ALGO CONTRA ELE, DA MESMA FORMA ACONTECEU COM ESAÚ. O REENCONTRO ACONTECEU E COMO Deus JÁ HAVIA TRABALHADO NO CORAÇÃO DE ESAÚ E DE JACÓ (DURANTE 20 ANOS E DURANTE A LUTA) OS DOIS SE ABRAÇARAM, CHORARAM E SE RECONCILIARAM. CHEGOU AO FIM TODO A ANGUSTIA E SOFRIMENTO DE JACÓ. AGORA Deus PODERIA DAR CONTINUIDADE AO SEU PLANO DE CRIAÇÃO DE SUA NAÇÃO, DE SEU POVO, POIS O PAI E OS DOZE FILHOS ESTAVAM ALI ESPERANDO O CUMPRIMENTO DESTE PLANO;


CONCLUSÃO:
GN 35”29 – COMO IMAGINAR O REECONTRO DE JACÓ, ESAÚ E ISAQUE

Nenhum comentário:

Postar um comentário