Álvares Machado, SP -

Apresentação da lição em power point

Mais apresentações em:http://www.slideshare.net/ailtonsilva2000/presentations

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

A explicação da parábola do semeador - segundo os 4 evangelistas


MATEUS 13.10-23
  • 10 – Jesus foi interrogado pelos seus discípulos sobre sua forma de falar a multidão, que era por parábolas, histórias sem qualquer significado, para alguns deles, pois outros entendiam perfeitamente;
  • 11 – Os discípulos tiveram o privilégio de conhecer parte dos mistérios do Reino dos céus, aos outros somente foi permitido entender, se possível, as parábolas;
  • 12 – Além deste privilégio, os discípulos receberam outra noticia animadora. Eles estavam recebendo muito e teriam muito mais por receber, enquanto que aqueles que nada tinham, até mesmo o pouco que tivessem seria tirado;
  • 13 – A resposta para a pergunta do versículo 10. Tem olhos, ouvidos e raciocínio, mas não enxergam, não ouvem e tampouco entendem;
  • 14 – Cumprimento de Is 6.9;
  • 15 – Coração endurecido, ouvido de mau grado, olhos encobertos e coração parcial;
  • 16 – Bem aventurado os que vêem e ouvem;
  • 17 – Muitos profetas desejaram o que os discípulos estavam vendo e ouvindo;
  • 18 – 19 – Explicação da parábola: As sementes que caíram ao pé do caminho são aqueles que ouvem, mas não entendem e diante do maligno se tornam presas fáceis;
  • 20 – 21 – Aqueles que ouvem e se alegram, mas que não suporta as angustias e perseguições, porque elas chegam, são as sementes que caíram entre os pedregais e que não desenvolveram raízes;
  • 22 – Os que ouvem a Palavra, mas que não conseguem se desvencilhar dos cuidados deste mundo, sendo seduzidos pelas riquezas, são aquelas sementes que caíram e foram sufocadas pelos espinhos;
  • 23 – O que ouve, compreende são as sementes que caíram em terra boa. Estes dão fruto.

MARCOS 4.10-25
  • 10 – Havia mais alguns com os discípulos. Mateus afirmou que eram somente eles;
  • 11 – Cfe Mt 13.11, exceto que Marcos frisou que aqueles que estavam “fora” (do circulo dos doze?), somente ouviram por parábolas;
  • 12 – Cfe Mt 13.12-15 – Para que vendo, vejam e não percebam, ouvindo ouçam e não entendam para assim não se converterem. Visão sem percepção e audição sem entendimento é igual a permanência no pecado;
  • 13 – 14 – Explicação da parábola: Era preciso que entendesse esta primeiro, caso contrario teriam dificuldades para entenderem as outras;
  • 15 – Cfe Mt 13.19;
  • 16 – 17 – Cfe Mt 13.20-21, a diferença foi somente na reação, pois Mateus afirmou que tais se ofendem e enquanto que Marcos disse que estes se escandalizam;
  • 18 – 19 – Cfe Mt 13.22, Marcos acrescentou mais uma ferramenta maligna, a ambição de outra coisas;
  • 20 – Cfe Mt 13.23;
  • 21 – 24 – Acréscimo de Marcos: Candeia será posta no velador e não debaixo da cama. Nada ficará encoberto e com a medida que alguém medir será medido e até mais;
  • 25 – Cfe Mt 13.12.

LUCAS 8.9-18
  • 9 – Os discípulos perguntaram acerca da parábola, enquanto que Mateus e Marcos afirmaram que os discípulos questionaram a utilização desta ferramenta;
  • 10 – Cfe Mt 13.12; Mc 4.11-12;
  • 11 – Cfe Mc 4.14;
  • 12 – Cfe Mt 13.19, o maligno arrebata; Mc 4.15, tira a Palavra. Lucas acrescentou a crença sem a salvação;
  • 13 – Cfe Mt 13.20; Mc 4.16-17. Lucas afirmou que tais crêem por algum tempo e que na chegada das tentações se desviam;
  • 14 – Cfe Mt 13.22, sufocados ficam infrutíferos; Mc 4.18-19, os espinhos entram e sufocam a Palavra e assim ficam infrutíferos). Lucas acrescentou os deleites da vida e que tais sementes não dão fruto com perfeição, frutos podres?
  • 15 – Cfe Mt 13.23; Mc 4.20. Lucas mencionou a Palavra guardada no coração honesto e bom, tais dão frutos com perseverança;
  • 16 – 17 – Cfe Mc 4.21-24;
  • 18 – Cfe Mc 4.25; Mt 13.12. 

JOÃO
·          Não há registros.

PRÓXIMO ASSUNTO: A parábola da semente.

Fonte:
Bíblia de estudo aplicação pessoal. CPAD, 2003

Bíblia Sagrada: Nova tradução na linguagem de hoje. Barueri (SP). Sociedade Bíblica do Brasil, 2000

Bíblia Sagrada – Harpa Cristã. Baureri, SP: Sociedade Bíblica do Brasil, Rio de Janeiro: Casa Publicadora das Assembléias de Deus, 2003.

Por: Ailton da Silva
(18) 8132-1510

Nenhum comentário:

Postar um comentário