Presidente Prudente (SP),

Apresentação da lição em power point

sábado, 18 de junho de 2011

plano de aula - lições trimestres anteriores

1º trimestre de 2007

A Igreja e a sua missão
Lição 9 – 04/03/2007
Aconselhamento cristão
Introdução:

A ciência define aconselhamento como uma forma de auxilio que profissionais prestam a pacientes nas decisões que estes devem tomar em relação a diversas escolhas em todos os campos da vida, bem como na solução de pequenos desajustamentos de conduta que porventura tenham.



Aconselhamento deriva da palavra conselho, cuja significado é:

• Opinião;
• Ensino;
• Aviso quanto ao que cabe fazer;
• Parecer;
• Bom senso;
• Sabedoria;
• Prudência;
• Opinião refletida;
• Idéia amadurecida;
• Resolução madura;
• Verificação de todas as hipóteses possíveis.

O aconselhamento cristão é a missão auxiliadora da igreja, uma contribuição secundária, ou seja, é a tarefa de ajudar as pessoas, sejam elas membros ou não.

É também um preceito bíblico, que tem como propósito ajudar e edificar os membros do corpo de Cristo, para melhoria e endireitamento daquele que está sendo aconselhado, para a sua aplicação é necessário o conhecimento das escrituras, comunhão com Deus, santidade, humildade e submissão. É bilateral, pois tanto podem ser dados como podem ser recebidos, já que não somos donos da verdade.

Cabe a igreja o dever de avisar, dar a sua opinião, divulgar a correta opinião, o correto conselho da parte de Deus, através da ortodoxia, porém isso somente será possível através do conhecimento da palavra, da maturidade, do saber pensar rápido e do saber ouvir (para isto temos dois ouvidos e somente uma boca).



Aconselhamento espiritual:

Encontra-se registros nas escrituras passagens que falam do aconselhamento:
• Admoestar – significa avisar alguém de maneira branda, sem dureza, com respeito e ternura. Para isto é necessário que estejamos cheios de bondade, amor, compaixão, conhecimento e bom exemplo. Todos devem admoestar (Rm 15”14). Refere-se aos conselhos, observações, exortações e advertências concernentes ao comportamento e a prática de vida do cristão, objetivando os sentimentos e vontade. É diferente de ensinar (que diz respeito ao ensino metódico das doutrinas bíblicas, visando o intelecto);

• Exortar é dar estimulo (para a fé), animar (para o combate), induzir, persuadir, encorajar, fortalecer, conclamar e consolar. Deve ser exercido por todos (exortar não é censurar, repreender, ofender, magoar, machucar, bater ou ferir). Desta forma os que são exortados não ficam tristes, revoltados, mas sim aliviados;

• Repreender é a atitude muitas vezes atribuída a Deus nas escrituras. Quando é exercido pelo homem deve também ser feito com amor, confrontando o erro com a verdade a fim de proporcionar o progresso da fé, objetivando a restauração espiritual, por mais grave que tenha sido a infração, pois repreender é segurar e não deixar com que a pessoa caia definitivamente:
a) No latim – admoestar energicamente, advertir, censurar, condenar;
b) No grego – castigo, punição;
c) No hebraico – reprovação, castigo, correção.

• Redargüir é dar resposta agurmentando, é responder com conhecimento, refutar, convencer e mostrar a falsidade, somente com base na Palavra de Deus é que poderemos agir desta forma.



Propósitos do aconselhamento:

• Para não termos coração endurecido pelo pecado, pois a falta do aconselhamento leva a dureza de coração, desobediência, rebelião e a apostasia;
• Para permanecermos firmes diante das inúmeras batalhas que enfrentamos durante a nossa jornada. Que não sejamos endurecidos pelo pecado;
• Para firmar nossa filiação em Cristo, pois a exortação, correção e repreensão são instrumentos que provam que somos filhos de Deus;
• Para reconciliação com nosso irmão, pois a situação pode ser resolvida com a exortação dos dois lados, do ofendido e do ofensor.



As duas dimensões do aconselhamento:

• Vertical – tem a finalidade de reconciliar o aconselhado com Deus, em suma os nossos problemas são originados pela incapacidade de gerenciar a nossa vida diante dos princípios de Deus.
• Horizontal – significa a abrir o coração e confessar os pecados para alguém devidamente preparado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário