Apresentação da lição em power point

sábado, 24 de março de 2012

Prosperidade somente em Jesus? Como?

Como termos esta certeza: Se Ele:
• Nos garantiu que não tinha um lugar para reclinar sua cabeça (Mt 8.20), somente as raposas tinham ou tem. Não tinha lugar aqui na Terra (Jo 14.2). Todos os grandes reis da terra possuíam seus palácios, suas moradas de verão, exceto o Rei dos reis. “SOMOS OS TEUS SERVOS, DECRETAMOS QUE NUNCA NOS FALTARÁ MORADIA, CONFORTO,ETC”;

• Não possuia grandes salões, grandes e suntuosos púlpitos para pregar sua mensagem, por isto utilizou de um barco emprestado (Lc 5.3). “SOMOS OS TEUS SERVOS, DECRETAMOS QUE NUNCA NOS FALTARÁ SALÕES, TEMPLOS GRANDIOSOS, SUNTUOSOS E CONFORTÁVEIS. O DA MINHA DENOMINAÇÃO É O MAIOR DA CIDADE”;

• Entrou em Jerusalém, com honras montado em um jumento (Zc 9.9), mas antes ordenou aos seus discípulos que fossem tomar o animal emprestado por algum momento (Mt 21.1-3). “SOMOS OS TEUS SERVOS, DECRETAMOS QUE NUNCA NOS FALTARÁ CARROS E MOTOS IMPORTADOS, DO ANO, VAMOS TROCAR TODOS OS ANOS. E TAMBÉM NÃO NOS FALTARÁ AMBULÂNCIAS U.T.I. (OFERTAS DE BRASÍLIA) PARA LEVAREM O POVO AOS CONGRESSOS”. AMBULÂNCIA É PARA FICAR EM PÁTIOS DE PREFEITURAS E OU HOSPITAIS PARA EMERGÊNCIAS E NÃO EM FUNDOS DE IGREJAS, ENFERRUJANDO;

• Comemorou uma das mais solenes festa judaicas (Dt 16.1-17), em uma casa emprestada (Lc 22.10-13). Porque não comemorou no Templo, em praça pública, rodeado pela multidão? Seria uma boa ocasião para se apresentar. Se fizesse desta forma não reuniria muitos, pois todos estariam em suas casas comemorando “as suas páscoas”. “SOMOS OS TEUS SERVOS, DECRETAMOS QUE NUNCA NOS FALTARÁ SALÕES DE FESTAS, TÊNIS CLUBES, PARA COMEMORARMOS OS NOSSOS ANIVERSÁRIOS, QUE SÃO MUITOS, DEVERÍAMOS DECRETAR TAMBÉM CONSTRUÇÕES DE SALÕES PARA ESTES TIPOS DE FESTAS IDOLATRAS”;

• Em seu ministério Jesus alcançou somente alguns gregos (Jo 12.20-36) e parte da Fenícia, Tiro e Sidom, históricas cidades cananéias rivais de Israel, que se alegraram com a sua queda (BAP – Mc 7.24). O ideal seria o Rei dos reis, o maior pregador da história alcançar os confins do mundo. Muitos, hoje, desejam a América, Europa, Ásia, todo o território brasileiro. Esta seria uma tarefa da igreja (At 1.8). “SOMOS OS TEUS SERVOS, DECRETAMOS QUE NUNCA NOS FALTARÁ CONTRIBUIÇÕES PARA ENVIARMOS OS NOSSOS MISSIONÁRIOS (PARENTES?) PARA MIAMI, PARIS, LONDRES, OESTE DA EUROPA (O LESTE AINDA É MEIO COMPLICADO), PAÍSES ORIENTAIS AMIGOS, MENOS PARA A ÁFRICA. TAMBÉM TEREMOS QUE FINANCIAR AS IDAS E VINDAS DAS NOSSAS COMITIVAS E DOS PRÓPRIOS MISSIONÁRIOS”. Porque não ficam a vida toda, 50, 60 anos. O limite agora é de 2 anos?

• Seus discípulos não herdaram nada material durante a reunião do inventário (Jo 14), somente receberam ao final a Paz Dele (Jo 14.27). “SOMOS OS TEUS SERVOS, DECRETAMOS QUE NUNCA NOS FALTARÁ UM SUCESSOR DA MESMA DIRETORIA, PARA MANTERMOS NOSSOS PROJETOS E AMBIÇÕES. AFINAL SOMOS COMO ISRAEL, FOMOS CHAMADOS PARA SERMOS E TERMOS IMPÉRIOS.” ELES FORAM CHAMADOS PARA SEREM A NAÇÃO DE DEUS E NÃO PARA FORMAREM UM IMPÉRIO;

• Permitiu que seus discípulos entrassem em uma propriedade particular para colher espigas (Mc 2.23), pois estavam famintos. A lei permitia tal atitude, quem errou foi Israel que não recebeu e não deu as mínimas condições. O problema foi o dia de sábado ou a invasão da propriedade. “SOMOS OS TEUS SERVOS, DECRETAMOS QUE NUNCA INVADIREMOS PROPRIEDADE ALHEIA PARA SACIARMOS A NOSSA FOME, POIS TEREMOS AS NOSSAS PRÓPRIAS E AOS MONTÕES. ENTÃO NÓS É QUE EVITAREMOS AS INVASÕES EM NOSSAS GRANDES FAZENDAS”;

• Criou o homem do pó da terra (Gn 2.7), não poderia ter sido de outro elemento da terra? Do pó do ouro ou de outro metal valioso? Talvez assim poderíamos requerer “algo” com “alguma” autoridade. “SOMOS OS TEUS SERVOS, DO PÓ DO OURO VIEMOS E AO PÓ DO OURO VOLTAREMOS”;

• Expulsou o homem do jardim do Éden, com razão, mas deixou-o em uma terra totalmente estranha, que lhe proporcionaria o alimento e condições para sobrevivências, mediante o seu suor (Gn 3.19). No paraíso o homem não suava. Porque não colocou o homem em um lugar semelhante, ou então porque não o deixou no paraíso e somente não o visitaria mais nas virações dos dias, como de costume (Gn 3.8) este seria um bom castigo pelo erro. “SOMOS OS TEUS SERVOS, DECRETAMOS QUE NUNCA SAIREMOS DO PARAÍSO (FISCAL, MINISTERIAL), MESMO QUE NÃO ESTEJAMOS MAIS EM CONDIÇÕES DE FICARMOS. DAQUI EU NÃO SAIO E DAQUI NINGUÉM ME TIRA. TENTEM A SORTE”;

• Libertou os israelitas do Egito e os colocou no meio do deserto, sem água, carne, rodeado de inimigos, que não tinham nada a ver com a briga, mas entravam no assunto e foram derrotados. O certo teria sido libertá-los, já com o exercito formado, carruagens, provisões para 40 anos (Dt 29.5), roupas, rebanhos, batedores, aviões para guiá-los até Canaã? Pelo menos um salvo conduto para passarem pelos territórios que estavam entre eles e a promessa? Principalmente em Edom (Nm 20.14-21). “SOMOS OS TEUS SERVOS, DECRETAMOS QUE NUNCA NOS FALTARÁ MORADIA, ALIMENTO, ROUPAS, HONRAS. NUNCA NOS ACONTECERÁ NADA CONTRÁRIO AO NOSSO DESEJO. REVÉS É PARA OS FRACOS DE FÉ”;

• Permitiu que sua cidade, Jerusalém, fosse destruída (Jr 52) e que os habitantes ficassem em total miséria, envergonhados, motivos de zombaria de seus vizinhos e inimigos (Lm 1.1.3). Porque não protegeu a cidade e os judeus? “SOMOS O TEU POVO, DECLARAMOS, QUE O NOSSO IMPÉRIO NUNCA CAIRÁ. NUNCA PERDEREI UM CENTAVO. E SE ISTO ACONTECER VOLTO NAS CAMPANHAS E TUDO O QUE ERA MEU SERÁ RESTITUÍDO”.

“TUDO O QUE ERA MEU”? 

IMAGINO QUE SEJA O PECADO, POIS TUDO O QUE ERA NOSSO E SOMENTE NOSSO, CULPA NOSSA ERA O PECADO.

Por: Ailton da Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário