Presidente Prudente (SP),

Apresentação da lição em power point

segunda-feira, 11 de julho de 2011

pós aula - lição 2

Alguns dos comentários dos alunos e outros que acrescentei durante a aula:

1) Mensagens tendenciosas, humanas, calamitosas, terroristas;

2) O Evangelho é a mensagem original do reino de Deus;

3) A motivação do império romano era ver os sangue na terra para aumentar a opressão, já no caso do reino de Deus seria necessário sangue na terra para justificação;

4) A mensagem do reino de Deus é tão simples, que de tão simples que é o homem consegue complicar;

5) O receio do império romano era que o reino dos céus progredisse de forma a inferir em seus domínios;

6) Se o império romano decretasse que ao som de buzina ou qualquer outro instrumento como em Dn 3 todos deveriam se curvar para adorar a estátua do imperador, então os súditos do reino dos céus seriam lançados em uma fornalha de fogo?

7) O império romano decretava e o reino dos céus anulava toda e qualquer sentença;

8) Os judeus estavam cansados de blá, blá, blá, de tapinhas nas costas. Eles queriam e esperavam muito mais de Jesus;

9) Se a igreja romana revelasse toda a verdade sobre a origem e uso de imagens, seria uma mensagem catastrófica que abalaria os pilares do império;

10) João Batista foi o único que percebeu que o reino de Deus estava se aproximando. Ele disse que não era digno, sequer, de se ajoelhar para desatar ou atar as sandálias;

11) Israel pediu um rei para se tornar semelhante as outras nações, agora eles esperavam o Messias para liberta-los da opressão e principalmente para se inzibirem diante de seus vizinhos. Certamente eles diriam: “O nosso Deus sempre faz algo por nós! E eles?

12) A mensagem do reino dos céus (Evangelho) abre os olhos espirituais do homem;

13) Será que a igreja não deseja as operações do Espírito Santo para justamente agir como Israel, ou seja, somente para se mostrar, se inzibir, promover sua placa. Ou desejamos que Jesus realmente salve, cure, batize com o Espírito Santo, independente de ministérios? Devemos nos alegrar pelo grande número de salvos por Jesus;

14) A mensagem humana não visa o reino dos céus;

15) O arrependimento e o crer geram outro ato, o congregar. A igreja primitiva estava desta forma esperando o revestimento do Espírito Santo;

16) O elevado número de salvos, congregados não é a garantia de que todos estão contemplando o reino de Deus espiritual. São poucos os que realmente dão lugar para que o reino tome dimensões pessoais;

17) Seria possível a igreja desvirtuar a mensagem do reino?

18) Teoria da geração de frutos sem a necessidade da capacitação ou revestimento do Espírito Santo. É possível?
“eu vos escolhi” e ponto final? Não, Ele nos escolheu e nomeou para darmos fruto. Um privilégio com atribuição.
Gerar frutos é gerar: ovelhas ou recursos para o crescimento do reino. Para isto o homem não carece de experiências profundas com Deus, de capacitação teológica, ou do revestimento do Espírito Santo. Exemplos: André que disse ter encontrado o Messias para seu irmão e Felipe disse o mesmo para Natanael, antes mesmo de qualquer operação de maravilhas ou milagre de Jesus (Jo 1”35-51). Outro caso foi o da mulher samaritana (Jo 4”28-29). Eles anunciaram o Messias;

19) Deus justifica o homem através de uma forma bem singela, não precisa joga-lo no leito, na enfermidade, tirar-lhe tudo, Ele simplesmente justifica a sua maneira;

20) Que capacidade tem um novo convertido para anunciar, convidar para ouvir a Palavra? A alegria e paz são tamanhas que os fazem anunciar o Evangelho ou pregarem com a própria vida;

21) Um testemunho, há muito tempo atrás, tempos de mocidade ainda, uma jovem me disse após um culto doméstico:
"Eu estava tão triste, ia para o culto angustiada, parecia que estava carregando um peso enorme, sem motivação, foi quando o meu vizinho me chamou e perguntou o que ele poderia fazer para sentir a mesma alegria que eu demonstrava, pois todos os dias ele ficava me olhando sair de casa com a Bíblia (eu sentia uma coisa e o vizinho via outra completamente diferente)"
A paz e alegria que o mundo não pode sentir, esta é a resposta.
também

Nenhum comentário:

Postar um comentário