Apresentação da lição em power point

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Uma grande verdade



Manassés, rei de Israel, é um de meus personagens favoritos. Tenho certa atração por gente problemática e emblemática. Gosto de estudar Saul, que ora profetiza cheio do Espírito Santo, ora desobedece a Deus e tenta matar Davi. 

Gosto de Sansão, que depois de barbarizar com os filisteus, faz a sua derradeira oração e por fim morre por causa de sua imaturidade e é incluído na galeria da fé de Hebreus.

Manassés é o perfeito exemplo da misericórdia em ação. Primeiro diz-se que ninguém errou mais que ele. Porém, surpreendentemente, Manassés depois de preso e torturado se arrepende e ora ao Senhor pedindo misericórdia. Manassés não merecia o perdão, mas eu também não! Ninguém merece. Somos perdoados pela graça e pela misericórdia e, por mais que as consequências do pecado sejam inevitáveis, Deus sempre dá uma nova chance àqueles que sinceramente desejarem mudar de atitude e recomeçar. A Bíblia não fala que tudo de mal foi esquecido, mas fala que Manassés mudou de postura e agiu de maneira reta nos seus últimos dias.

Texto extraído: Manancial, 30/07. União feminina missionária Batista do Brasil. Rio de Janeiro, 2012.


Por: Ailton da Silva (18) 8132-1510

Nenhum comentário:

Postar um comentário