Apresentação da lição em power point

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

lição 3 - pós aula

3 -
Se os hebreus aceitassem a quarta proposta de Faraó, o que eles sacrificariam no deserto? Eles mesmos? Sacrifícios humanos? Algum infiel que encontrasse pela frente?
Os filhos de Isaque não poderiam se portar desta forma.

Faraó gostou de ver tantas rãs em seu território? Ele pediu para que Moisés orasse pelo fim da praga somente no outro dia (amanhã). “Tá ruim, mas tá bom”?

Os magos não tiveram tempo para copiarem a praga das úlceras, ou eles se lamentavam pela enfermidade ou se esforçavam para praticarem suas magias. Eles escolheram a primeira opção.

Os hebreus estavam sofrendo no Egito, mas no fundo eles gostavam de lá. Duvido que não forçaram Moisés a aceitar a primeira proposta (pelo menos alguns).

O Egito era mais sedutor, vistoso e alegre que o deserto. Isto ninguém tinha e tem dúvida, mas duvido que pode nos proporcionar a mesma alegria e recompensa? Sodomo e Gomorra, um dia foram tão lindas aos olhos de Ló, mas depois...

No Egito eles clamaram por socorro e no deserto eles murmuraram. Quando deviam murmurar eles clamaram e quando deviam clamar eles preferiam murmurar, vai entender este povo.

Segunda proposta – como  tempo eles enjuariam do deserto e voltariam para o Egito, pois estavam ali mesmo pertinho, bastava um passinho.

Os patrões alimentam bem seus funcionários? Por estes refeitórios pelo mundo afora eles estão contentes com o que está sendo servido? Duvido que no Egito os hebreus comiam bem, duvido.

Decisão de Faraó no Egito:
- saiam os pais (novos e idosos) e os adultos solteiros.
- fiquem os jovens, crianças e mulheres.

Decisão de Nabucodonosor quando tomou e arrasou Jerusalém:
- fiquem os idosos e doentes;
- saiam os jovens.

11ª praga – seria possível acontecer? Bastava Faraó fazer por onde. Deus explodiria a nação toda. Seria varrida do mapa e da história.

Por: Ailton da Silva - Ano V

Nenhum comentário:

Postar um comentário