Presidente Prudente (SP),

Apresentação da lição em power point

terça-feira, 3 de abril de 2012

O contraste das visões: Isaias x Jeremias


Não tem como não adiantar:

a) O contraste das visões.
Isaías:
• Raiz de uma terra seca, sem formosura e beleza;
• Os homens escondiam seus rostos;
• Não havia beleza para que o desejássemos;
• Desprezado, rejeitado, homem de dores e experimentado nos sofrimentos;
• Tomou sobre nossas enfermidades, dores e aflições. O ferido de Deus, oprimido;
• Não fizemos caso dele;
• Moído pelas nossas transgressões, foi oprimido e afligido, mas não abriu a boca;
• Como um cordeiro mudo foi levado ao matadouro;
• Ele não abriu a sua boca, assim como a ovelha perante seus tosquiadores;
• Foi cortado da terra dos viventes (mas não da glória);

João:
• Vestes longas e peito cingido com cinto de ouro (justiça e fidelidade);
• Cabelos alvos, o Ancião de Dias, eterno (Dn 7.9), sábio e puro em suas sentenças. Não estavam manchados pelo sangue da cruz;;
• Olhos como chama de fogo (1.14), conhecimento, discernimento infalível. Não estavam inchados como na cruz;
• Pés semelhantes ao latão ou bronze reluzente (1.15), como que refinados em uma fornalha, representando a sua retidão no cumprimento de sua função judicial, o justo juiz. Não estavam marcados pelo prego ou manchado pelo sangue;
• Voz como de muitas águas, limpa, nítida, suave, afinada como uma corneta. Não era uma voz rouca, como na cruz quando estava sedento;
• Em sua mão direita tinha sete estrelas (poder, controle e honra), Mãos fortes, que todo este tempo seguraram a igreja e não mais aquelas furadas e manchadas pelo sangue;
• De sua boca saia uma espada afiada de dois gumes (1.16), sua própria Palavra (Hb 4.12);
• Seu rosto brilhava como o sol no auge de sua força (1.16). Seu rosto não estava desfigurado mo na cruz.

b) Resposta de João diante do Cristo glorificado:
• Caiu como morto aos seus pés (será que lembrou dos áureos tempo do ministério terreno. Andou com Ele e agora O via em glória.

c) Resposta do Cristo glorificado ao quase morto João:
• “Não temas”. Eu sou o primeiro e o último, ou seja antes não houve ninguém antes e nunca haverá outro, pois não há intervalo no tempo. Primeiro e ultimo.

Por: Ailton da Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário