terça-feira, 4 de janeiro de 2022

Fé e obediência. Abraão, um exemplo para todos os povos. Capítulo 3

5) Um novo desafio – ver

Caminhada iniciada, sol e distância desanimadores, mas nada que pudesse esmorecer sua fé. Fome, inimigos, possíveis cobranças da esposa, medo, retaliações dos parentes, nada poderia separar Abraão de Deus. Qualquer obstáculo que surgisse não seria capaz de impedir a continuidade do plano de Deus.

 

6) Lembranças do passado

Abraão sabia que sua vida anterior à chamada não poderia ser comparada com a novidade de vida que estava se desenhando à sua frente.

Mas é possível que em alguns momentos, deve ter se lembrado do passado, dos companheiros, da suposta alegria de todos os familiares e amigos que estavam ao seu redor, tal como acontece com qualquer um de nós. Deveria seguir em frente sem olhar para o que havia deixado.

Colocou as mãos no arado e não titubeou entre dois pensamentos, pois a esperança pelo cumprimento das promessas ardeu em seu coração e proporcionou um crescimento espiritual.

Deixar tudo e todos, dizer adeus ao visível e acessível, para viver pela fé e para trilhar novos caminhos na esperança de contemplar a promessa.

Desta forma partiu Abraão, sabendo que não poderia mudar de ideia. Deveria confiar, esperar e neste tempo experimentou um crescimento espiritual.

 

Por: Ailton da Silva - 12 anos (Ide por todo mundo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário