Presidente Prudente (SP),

Apresentação da lição em power point

sexta-feira, 18 de março de 2011

mais para lição 12

1) O maior missionário da Igreja foi também o seu maior perseguidor.

2) Como tinha judeus dispersos pela Ásia e Europa. E como foram hostis ao Evangelho. Eles fugiram do império romano, mas não foram capazes de fugirem do reino de Deus

3) Quando se iniciou a obra missionária dos apóstolos?
· Em Atos 1”8 – na ordenança?
· Com Felipe quando pregou ao etíope? Ele ainda estava em território israelense;
· Com a conversão de Cornélio? Também estava em solo israelense;
· Em Atos 13”2, quando Barnabé e Paulo foram apartados pelo Espírito Santo? Nesta ocasião ocorreu a confirmação da chamada de Paulo (vaso escolhido para levar meu nome aos gentios, judeus e reis da terra);
· Em Atos 13”3, quando foram despedidos pela igreja

4) A Igreja de Jerusalém ficava estática a esta situação? Não fazia missão?

5) Na igreja de Jerusalém estavam os boa parte dos apóstolos que aprenderam com Jesus, durante seu ministério. Seria lógico que tomassem a frente.

6) A igreja de Antioquia era praticamente de recém novos convertidos gentios, gregos, judeus, que possuíam pouca experiência, mas o discipulado feito por Barnabé e Paulo, durante um ano inteiro, foi de grande valia espiritual, dispertou a igreja para a missão evangelistica.

7) O Espírito Santo ordenou a separação de Barnabé e Paulo para a missão, juntos ou com outros companheiros, mas deveriam fazer missão. Isto não queria dizer que permaneceriam eternamente juntos.

8) Na 1ª viagem porque Paulo não voltou pela Ásia? Era o caminho mais curto e onde não havia visitado ainda, onde poderia abrir novos campos? Estas regiões seriam visitadas na ocasião de sua segunda viagem e logicamente os campos também seriam abertos.

9) Porque preferiu voltar pelo caminho da vinda? Para averiguar a situação das igrejas que havia aberto.

10) Na volta porque então não passou por Chipre? Porque Barnabé tomaria esta direção em sua segunda viagem com João Marcos e porque queria chegar logo em Antioquia para se reunir com a igreja e relatar os acontecimentos e conversões dos gentios (Atos 14”27)

11) Como era o seu retorno após as viagens? Voltava chorando com saudades das igrejas?

12) Diferença entre Paulo e João Marcos? João Marcos quando viu as dificuldades correu para trás e Paulo diante da mesma situação corria para frente.

13) Tanto nas idas quanto nas voltas o Espírito Santo determinava a direção para os missionários, ou seja, não viviam improvisando ou inventando rotas. Tanto é que para a Europa o caminho lógico seria o mar Mediterrâneo, mas eles foram pela Ásia, e no caso da evangelização da Ásia menor o caminho lógico seria atravessá-la, porém eles foram pelo Mediterrâneo. Ás vezes esperamos de Deus na lógica e Ele age no improvável e vice versa, o Espírito Santo idem, pois não determinou o melhor caminho ou a rota mais rápida, mas sim a sua vontade e a necessidade do povo em ouvir o evangelho.

14) Em Roma, Paulo não ficou preso, na verdade, ele ficou descansando, havia feito muito em prol do evangelho, para olhos humanos aquilo parecia um cárcere, mas para ele não.

15) Como foi a 5ª viagem de Paulo, quando foi liberto em Roma, seguindo para a Espanha?


Nenhum comentário:

Postar um comentário