Apresentação da lição em power point

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Feliz aniversário! Hoje você completou 20 anos. Foi antes ou depois do anúncio?

Muitos jovens e crianças (Ex 12.37) saíram do Egito naquele grande e glorioso dia. Alguns não entenderem as intervenções de Deus durante a caminhada, devido a tenra idade, até viram, mas não compreenderam tudo aquilo como providências de Deus ou consequências do erros de seus pais.

Estavam praticamente às portas de Canaã e após o episódio com os filhos de Ruben e Gade, Deus declarou que os maiores de 20 anos não entrariam na boa terra prometida (Ex 32.11). Todos ouviram com atenção as palavras de Moisés. Alguns duvidaram, outros acreditaram e um pequeno grupo, resumido, se assustou com a suposta “falta de sorte”.

Em meio aquela multidão era possível que existissem alguns que estivessem comemorando o seu aniversário, ou não seria muito pensarmos em outros que estivessem completando justamente 20 anos naquele fatídico dia. Estes poderiam dizer:

"Mas logo no dia do nosso aniversário? É isto que ganhamos de presente? Estamos perdendo o direito de entrarmos na Terra Prometida. A maioria dos erros não foram nossos"?

Mas não havia escapatória, pois se tratava de um decreto de Deus. Quem poderia mudar esta decisão? Talvez se fosse nos dias atuais, alguns determinariam, decretariam ou prometeriam algo que não seriam capazes de cumprir.

Deveria ter muitos, entre eles com 19 anos completos, quase chegando perto dos 20, estes escaparam como que pelo fogo (I Co 3.15), mas o que dizer dos que completaram 20 anos no próprio dia, no anterior ou pior, momentos antes de ouvirem a sentença? Poderiam reclamar da justiça de Deus?

Não adiantava mentir ou esconder a idade, pois Deus sabia, na ocasião, a hora e o minuto em que cada um completava 20 anos (dos que completavam naquele dia). Deus jamais erra. Sabia o que estava fazendo.

O certo é que ninguém poderia se iludir, caso tivessem dado credito, pois acredito que muitos ainda esperavam que Deus revisse esta sua decisão. Vejo ali dois grupos de pessoas, os que entrariam e os que não entrariam e certamente eles sabiam disto. Ou não?

Por: Ailton da Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário