sexta-feira, 14 de maio de 2021

Terra. A preparada para o homem - Capítulo 5

continuação...

A ÚLTIMA VISITA DE DEUS E AS SENTENÇAS

A criação pecou, mas não foi desamparada pelo seu Criador, porém o medo e as incertezas tomaram conta deles. O que fazer então? Como reagir diante daquela situação? Deveriam esperar que Deus lhes apresentasse o salário do pecado e o plano de restauração?

As visitas diárias foram interrompidas, aquela foi a última. Os encontros anteriores foram prazerosos, mas aquele, em especial, estava acontecendo algo diferente, pois o sentimento que brotou nos coração não foi a expectativa saudável, a alegria, o regozijo, muito pelo contrário, foi o pavor, medo e remorso. O único sentimento inexistente, justamente, foi o arrependimento, tão necessário para a ocasião.

Naquela última visita o universo presenciaria a instalação da então desconhecida misericórdia. Deus visitou sua criação, mesmo depois do ocorrido. Ele já sabia de tudo, mas fez questão que o próprio homem declarasse seu erro, para então lhe apresentar o seu plano de restauração. O inimigo ficou ao lado, esperando o fim de tudo e de todos.

Quando ouviram a voz de Deus, temeram por dois motivos, primeiro pela situação em que se encontravam e depois pelo medo, que aumentou em virtude da perda de identidade. Até então eles tinham uma visão diferente do Criador, havia sido somente bênçãos, mas agora estavam prestes a presenciarem um Deus desapontado. O que poderia acontecer?

Quem sabe não pensaram rápido em um plano para tentarem enganar a Deus. Quem sabe não planejaram esconder tudo? Não teria jeito, pois Ele conhece o passado.

Ou talvez tenham pensado em esconder o sentimento de frustração que havia invadido o interior deles, mas também não haveria jeito, pois Deus conhece o presente.

No mínimo, devem ter pensado em uma forma de esconder o medo que sentiam pelas consequências que recairiam sobre eles, mas não havia jeito, pois Deus conhece o futuro e mesmo porque os corações e pensamentos são sondados pelo Criador, que chega à região onde nenhum ser humano consegue chegar, ali onde a carne se limita com a alma e espirito.

O inimigo ao final desta empreitada, imaginou ter feito o trabalho com sucesso. O homem caído, Deus decepcionado com a sua criação. Agora não restava mais nada por fazer. Sua obra estava completa, faltava apenas o Criador interromper as visitas diárias e esquecer de vez sua criatura.

continua...

Por: Ailton da Silva - 11 anos (Ide por todo mundo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário