sábado, 19 de junho de 2021

Anticristo. A solução material com implicações espirituais! Capítulo 5

B) A MANIFESTAÇÃO DO ANTICRISTO.

O Anticristo manifestar-se-á logo após o arrebatamento da Igreja e a revelação de sua pessoa à humanidade será precedida do aumento da injustiça, apostasia e pela permissão do “Detentor” para sua manifestação (II Ts 2.7).

O Anticristo terá liberdade para enganar com sinais e falsas soluções para os problemas mundiais. No início, surgirá bem timidamente (Dn 7.8), mas depois levantar-se-á e ganhará espaço para desenvolver sua plataforma de governo maligno.

Após o arrebatamento, a perplexidade tomará conta de toda a humanidade, diante do assombro pelo sumiço de milhões de pessoas, desastres e calamidades. Este será o cenário ideal para o aparecimento do Anticristo, que aproveitará o momento para apresentar respostas e apresentar soluções.

O primeiro objetivo do Anticristo será ganhar a confiança[1], para depois estabelecer um período de implosão de toda e qualquer crença religiosa.

O seu disfarce e encenação de preocupação forçara, em prol de sua aclamação, o cumprimento[2] de algumas profecias relativas a Jesus, tal como o aparecimento do verdadeiro Messias no Monte das Oliveiras, seguido de um terremoto (Zc 14.4) ou a entrada triunfal em Jerusalém (cf Zc 9.9), seguida de uma grande escolta. Após esta sua entrada, os olhos do governante mundial se virarão para o Templo, seu grande objetivo.

Outros sinais servirão para convencer os judeus e o mundo que o Anticristo é realmente o esperado pelas nações.



[1] Alguns o verão como o Messias Judaico, outros como Maomé, Buda ou qualquer outra figura que possa saciar a esperança mundana.

[2] Apesar que o Anticristo terá ao seu dispor todo o aparato tecnológico e humano para forjar e copiar profecias a respeito de Jesus, para assim impressionar a humanidade e levá-los a depositar em sua pessoa a confiança.

Por: Ailton da Silva - 11 anos (Ide por todo mundo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário