sábado, 21 de agosto de 2021

Anticristo. A solução material com implicações espirituais! Capítulo 9

O PROCESSO DA SALVAÇÃO DURANTE A ADMINISTRAÇÃO DO ANTICRISTO 

Mesmo com toda sua truculência, soberba e diante das proezas e falsos milagres, o Anticristo não conseguirá calar a voz dos mártires, ou seja, não conseguirá impedir a pregação do Evangelho do Reino.

Vozes serão levantadas durante a Grande Tribulação, que não temerão em proclamar a Palavra e alcançarão aqueles que não se sujeitarão ao governo do Anticristo. Mas quem serão estes pregadores? Que Evangelho pregarão? Quem convencerá o pecador? Haverá mesmo salvação neste período?

 

A) ATUAÇÃO DO ESPÍRITO SANTO:

Como será a atuação do Espírito Santo após o arrebatamento da Igreja e durante a administração do Anticristo? Partindo do principio de que o Espírito Santo é o “Detentor” e que será retirado momentaneamente para efetuar a entrega da Igreja a Jesus nos ares, quem então estará convencendo o homem do pecado, da justiça e do juízo? Felizmente os mártires terão suas forças renovadas e lutarão contra as forças do mal justamente por ainda estarem sendo assistidos por Deus, mesmo neste período tão turbulento da humanidade.

O Espírito Santo, responsável por acompanhar os escolhidos até aos ares, não será retirado ou banido da Terra. Continuará agindo, mas não habitará (I Co 6.19), não concederá dons (I Co 12.1-11) e ousadia como faz com a Igreja. Estará atuando como nas dispensações anteriores (cfe At 15.10-11; Gl 3.8), quando usou pessoas escolhidas (Jr 1.5; Gl 1.15) para entregarem a mensagem de Deus e quando acrescentou fé no Redentor que haveria de vir. Da mesma forma operará na Grande Tribulação, pois alimentará a esperança na salvação e concederá poder para desestabilizar o império do mal.

Neste período ficará visível dois grupos distintos de possíveis salvos na Grande Tribulação, a saber, os israelitas e os gentios (Ap 7.4-14), portanto fica claro que Palavra de Deus continuará ser proclamada, mas a salvação dependerá da ação de dois agentes:

  • O sangue do Cordeiro (Ap 12.11);
  • O sangue do próprio mártir (Dn 7.25; Ap 6.9), que vencerá pela palavra de seu testemunho e não temerá a morte (Ap 12.11b). A salvação será baseada pela fé na ressurreição e na recompensa de Deus (Hb 11.34-38).

Quando o Espírito Santo permitir a atuação do Anticristo o mundo ficará a mercê deste agente maligno. O plano para ganhar a confiança e o coração da humanidade será posto em prática e muitos se aceitarão a proposta de trabalho da Trindade Satânica.

continua...

Por: Ailton da Silva - 11 anos (Ide por todo mundo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário