Apresentação da lição em power point

sábado, 10 de dezembro de 2011

Jesus é o nosso descanso

1) Jesus é o nosso descanso:
"E ele disse-lhes: Isto é o que o Senhor tem dito: Amanhã é repouso" - Ex 16.23

Israel estava cansado da recém iniciada caminhada, sim, mas estavam muito mais pelos 4 séculos de permanência em terras estranhas.

"Vinde a mim, todos que estais cansados" - Mt 11.28
"Assim o Filho do Homem até do sábado é Senhor - Mc 2.28

Jesus é o Senhor do Sábado, Ele é o nosso descanso. Nele descansamos, pois a jornada é longa. Por isto que Ele bradou: "Vinde a mim, todos que estais cansados [...] e encontrareis DESCANSO para as vossas almas. O meu fardo é leve".

Cuidado, porque o fardo dos homens não é leve. Os judeus não conseguiam se manter fiéis (Ne 13.17). Motivação e zelo para isto eles tinham, muito mais do que os ocidentais atuais, mas falharam.

2) E o que dizer de todo o versículo:
  • "Mas o sétimo dia é o sábado do Senhor teu Deus" - está bem concordamos em gênero, número e grau;
  • "Não farás nenhuma obra" - mas e se for necessário, para o bem? (Mt 12.1-13). Os sacerdotes mantinham o ritual no Tabernáculo/Templo aos sábados? (Nm 28.9-10).
  • "Nem tú, nem teu filho, nem tua filha" - é fácil, pois sou o chefe da casa, o pai de família, tenho autoridade. Até que ponto? Bebê, criança, adolescente é fácil, quero ver forçar jovens e adultos?
  • "Nem a tua servo, nem o teu serva [...] nem o teu estrangeiro" - Ops! E a religião deles? No comércio e indústria é fácil, fecho as portas e pronto. Mas mantenho vigia noturno ou segurança privada? Deixo nas mãos de Deus, Ele cuidará da minha propriedade? No tempo da escravidão no Brasil era fácil convencer os escravos de origem africana para que não fizessem nada no sábado? Eles tinham direito a um dia de descanso? Jogavam capoeira neste dia? Aproveitavam este dia para manterem seus rituais e se dedicarem a seus deuses? O que adianta fecharmos a porta para reverenciarmos ao Deus verdadeiro e enquanto estivermos em adoração, os nossos empregados estarão (também guardando) bebendo, fumando, se drogando, churrasqueando, aproveitando a folga para se prostituirem;
  • "Nem o teu animal" - Manter os cavalos (das carroças), os bois (do barulhento carro de bois) descansando é até justo, coitados, mas e os outros animais de estimação também devem guardar? Ora o versículo faz alguma distinção entre animais?
É tão díficil respondermos por nós, imaginem pela família, empregados e animais?

A intenção da lição não é suscitar contenda neste assunto, que por si só, já demandaria muito tempo para debates que ao final não levaria a nada (Tt 3.8-11), mas creio que o objetivo maior seja instruir "assembleianos" (desinteressados, preguiçosos que não apreciam o estudo sistemático da Palavra), para não dizerem depois que não foram avisados ou ensinados. Ficam por ai, levados por qualquer vento de doutrina (Ef 4.14), seduzidos por qualquer portinha de fundo de vila, por qualquer galhinho que saiu do tronco. Conheci uma jovem assembleiana que me dizia: "Não gosto de EBD, não consigo ficar ali ouvindo". Ouvindo? Ou aprendendo? Vivia caindo em culto;

Como eu disse anteriormente, quando o cidadão está na imundícia, ninguém atenta para sua situação, mas depois que está limpo, transformado, depois que o búfalo velho é amansado, transformado em ovelhinha, ai aparecem os lobos.

Parece que tem um ditado bem antigo que diz: "quem não faz no sábado, faz no domingo", na verdade ele diz: "quem guarda o sábado, rouba no domingo".

Por: Ailton da Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário