Presidente Prudente (SP),

Apresentação da lição em power point

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Mais um pouco de geografia - um resumo sobre os "mares"

1) MAR MEDITERRÂNEO
Curiosidade:
O Mediterrâneo, também conhecido como Mar Grande, Mar Ocidental, Mar dos Filisteus, Mar de Jata, fabricou ao longo dos anos várias civilizações, micena, grega, fenícia, romana, turca, francesa e italiana.

Extensão:
4.500 km e uma superfície de três milhões de quilômetros quadrados. Banha a Europa Meridional, a Ásia Ocidental e a África Setentrional. Suas rotas incluem portos estratégicos como o de Gênova, Nápoles, Barcelona, Trieste, Salônica, Beirute, Esmirna, Porto Saide, Alexandria, Constantinopla, Haifa, etc.

Importância para Israel:
Banha a costa ocidental de Israel, mas suas águas são rasas, tornando impossível a aproximação de grandes navios, por isto não era muito utilizado pelos judeus como via de transporte, que se sentiam isolados. Na verdade isto era uma segurança para Israel.

Grandes acontecimentos que tiveram a participação deste mar: Salomão recebeu o material necessário para construção do Templo. Jonas foi devolvido à terra e por ele Paulo iniciou a pregação do Evangelho aos gentios.

2) MAR MORTO
Curiosidade:
Devido a grande quantidade de sal e pela densidade de suas águas, torna-se impossível mergulhar, afogar-se, ou encontrar alguma espécie de vida neste mar. As cidades de Sodoma e Gomorra ficavam nesta mesma região. Devido a posição geográfica as suas águas não são escoadas como nos casos de outros lagos e rios. A evaporação garante a escoação.

O mar morto é chamado de mar Salgado pelos escritores bíblico (Js 3:16), mar de Arabá, mar Oriental, mar do Sal, lago do Asfalto (segundo Flávio Josefo), mar Pestilento (para os árabes), mar de Sodoma (Talmude) e os vizinhos de Israel o conhece como mar de Sodoma e Gomorra, mar de Segor, mar de Ló, etc.

Extensão:
Localizado entre os montes de Judá e Moabe, encontra-se a mais de 400 metros abaixo do nível do mar Mediterrâneo. Possui 78 quilômetros de comprimento por 18 de largura, totalizando uma área de 1.020 km.

Importância para Israel:
Deste mar são extraídos cloreto de magnésio, de sódio, de cálcio, de potássio e brometo de magnésio.

3) MAR DA GALILÉIA
Curiosidade:
Não é propriamente uma mar, mas sim um grande lago de água doce, formado pelo águas do rio Jordão. Era chamado de mar devido ao seu tamanho e pela violência das borrascas que o agitavam. Também chamado de mar de Quinerete, mar de Tiberíades e lago de Genezaré. Era rodeado pelas cidades de Genezaré, Betsaida, Tiberíades, Cafarnaum, Corazim e Magdala. Jesus desenvolveu seu ministério nesta região, ensinando, operando sinais e maravilhas, repreendendo a fúria e andando por aquelas águas.

Extensão:
Tem 24 quilômetros de comprimento por 14 de largura e uma profundidade média de 50 metros. Encontra-se a quase 230 metros abaixo do nível do mar Mediterrâneo.

Importância para Israel:
A população em torno do mar da Galileia beirava os quase 150 mil habitantes, que devido ao clima agradável, principalmente ao norte, desenvolvia projetos agropecuários.

São encontradas neste mar algumas espécies de peixes como as carpas, sardinhas, peixe-gato, peixe-galo e o famoso "chromis simonis", ou peixe de São Pedro.

4) MAR VERMELHO
Curiosidade:
Não pertence a Israel, mas é muito significativo à sua história.

Extensão:
Possui mais ou menos a largura de 12 milhas. Separa os territórios egípcio e saudita, dividindo-se em dois braços, conhecidos como golfo de Suez e de Akaba.

Importância para Israel:
Neste mar todo o exército egípcio pereceu nas águas, portanto possui uma grande importância na historia de Israel.

Referência Bibliográfica:
ANDRADE, Claudionor Corrêa de. Geografia Bíblica. Rio de Janeiro . CPAD, 1987.

Por: Ailton da Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário