Apresentação da lição em power point

sábado, 24 de dezembro de 2011

O que penso realmente sobre o dia natalino

(transcrevo um dos meus comentários publicado em um blog)

Eu não consigo comemorar! alias (desculpem) me dá ansia de vomito ver tudo isto. Esta alegria, pessoas batendo no peito e dizendo (hoje eu vou beber todas), agora nós crentes, acho tão estranho! vi meu pastor dizendo: "se não ver os irmãos, até domingo, um feliz natal para todos". não sou extremista e respeito quem gosta, aqueles que conseguem se achar nesta data, eu particularmente acho tão pagã quanto qualquer outra.

creio que se tivesse na Bíblia que Jesus tivesse nascido em (exemplo), 28/12, sabe o que aconteceria?

Ninguém comemoraria, nem os crentes! pior ainda e se tivesse assim (todos os anos, aos 28 dias do mês último, todos devem se apresentar a MIM, e não venham de mãos vazias).

Será que aquele povo no deserto (Ex 32) não estava comemorando o nascimento de um novo deus? (festa, alegria, fogos de artificios, danças, lascivia, bebedeira, comelança, etc...)

Estes dias ouvi uma história engraçada sobre o Noel, engraçada se não fosse trágica: Um velhinho, sem vergonha, vive dando balinhas para crianças, alias só gosta de crianças, entra na casa do povo, escondido, de madrugada e pela chaminé para oferecer presentinhos para quem? isto sem contar que vive chamando as criançinhas para sentarem no colo. Credo.

Como disse, eu respeito quem comemora e pensa diferente. Este espaço é para escrevermos mesmo, democrático, deixo a minha opinião.
Postei este comentário em um blog: vejam:

O meu problema é que eu não consigo comemorar mesmo, não é tanto a crítica quanto ao dia, clima, funções dos magos, idade e tamanho de Jesus quando eles chegaram com os presentes, se a estrela apareceu na véspera do nascimento, ou no dia, ou meses antes, ou se quantos dias eles viajaram, creio que viram a estrela e começaram a segui-la e perderam a noção do tempo, tanto que quando foram perguntados sobre o tempo eles não conseguiram precisar, por isto a ordem foi, matem de 2 anos para baixo, ele poderia ter dito, matem as crianças que nasceram ontem, hoje de manhã.

O problema é pessoal "comigo mesmo" (sic), não gosto de natal e não foi nenhuma decepção de criança, foi devido a uma "visão".

Este assunto é legal! É somente uma opinião, não sei se estou certo, errado, se sou anti-social, extremista, somente não gosto, assim como muitos, mas respeito quem gosta.

Por: Ailton Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário