Presidente Prudente (SP),

Apresentação da lição em power point

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

O SACRIFICIO E ENTRADA DE UM PRÓSPERO E HUMILDE REI

O sacrifício pela apresentação de Jesus foi um par de pombos (lc 2:24), que simplicidade! Poder aquisitivo dos pais impedia que apresentassem com outro animal de grande porte, premiadíssimo em exposições, de raça, caríssimos. Como o Rei dos reis, Filho do Pai celestial não tomou para si um animal para que todos contemplassem a sua prosperidade material? É que o seu reino não é deste mundo.

Os expectadores daquele sacrifício de apresentação viam um simples par de pombos, mas na verdade toda a natureza, a terra, o celeste, o passado e o porvir estavam se alegrando e vendo outro tipo de sacrifício.

E o que dizer então da entrada triunfal em Jerusalém (Mt 21:1-11)? Que belo cavalo, quarto de milha, puro sangue, branco, digno dos grandes reis e afortunados judeus. Que maravilha, que cena linda e inesquecível. Um grande camelo alado, premiadíssimo, linhagem pura. Que carruagem chique, de primeira linha e de ultima geração. Portas automáticas, trincos dourados, detalhes em ouro. O cocheiro da carruagem, que finesse, mesmo sendo terceirizado, alias muitas limousines deixariam a desejar diante daquele magnífico veiculo.

E o que dizer do tapete vermelho estendido pelo povo conforme Jesus entrava na cidade. E a orquestra e coristas afinadíssimos. E o Rei dos reis, o Filho do Pai celeste entrou na cidade sentado sob um jumento de carga (MT 21:5).

"Alegra-te muito, ó filha de Sião; exulta, ó filha de Jerusalém; eis que o teu rei virá a ti, justo e salvo, pobre, e montado sobre um jumento, e sobre um jumentinho, filho de jumenta". Zc 9:9

Por: Ailton da Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário